Uma das 'vítimas' foi atendida pela Defesa Civil
Publicidade - Anuncie aqui também!
'Acidente' mobilizou equipes de resgate no Centro
‘Acidente’ mobilizou equipes de resgate no Centro
Publicidade - Anuncie aqui

Um carro Ford/Ecosport atropelou duas pessoas na manhã deste sábado, no Centro de Itapira. O caso ocorreu na Praça Bernardino de Campos, por volta das 09h00, quando dois pedestres – um homem e uma mulher – atravessavam a Rua José Bonifácio.

Mesmo utilizando a faixa de pedestres, eles foram atingidos pelo carro, conduzido por uma mulher que não avistou as vítimas, que foram socorridas pelo Samu e pela Defesa Civil.

Estudantes do Iesi promoveram a simulação
Estudantes do Iesi promoveram a simulação

O jovem sofreu ferimentos em um dos braços, rosto e testa. O caso da mulher atingida era o mais grave.

Ela ficou praticamente debaixo de uma das rodas dianteiras do veículo, recebeu ferimentos na cabeça e precisou ser entubada. As vítimas foram removidas ao Pronto Socorro do Hospital Municipal.

Samu deu total apoio à iniciativa dos estudantes
Samu deu total apoio à iniciativa dos estudantes

A condutora do carro não se feriu. Dezenas de pessoas se aglomeraram para acompanhar o trabalho de resgate, que também interrompeu o tráfego por aproximadamente uma hora. Unidades da Guarda Civil Municipal e da Polícia Militar apoiaram o atendimento à ocorrência.

Poderia ser mais um triste registro de acidente de trânsito com vítimas em Itapira. Mas, felizmente, tudo não passou de uma simulação organizada por alunos do Iesi (Instituto de Ensino Superior de Itapira).

Uma das 'vítimas' foi atendida pela Defesa Civil
Uma das ‘vítimas’ foi atendida pela Defesa Civil

A ação em prol de um trânsito mais consciente e menos agressivo faz parte da campanha ‘Não Seja Bixo no Trânsito’ e reuniu alunos dos cursos de Direito, Administração, Recursos Humanos, Gestão Comercial, Ciências Contábeis, Fisioterapia e Enfermagem.

Membros do Samu acompanharam e apoiaram os trabalhos
Membros do Samu acompanharam e apoiaram os trabalhos

O evento atraiu a atenção de curiosos, e muitos que passaram pelo local realmente acreditaram que se tratava de um acidente de trânsito. Mas, tanto o veículo quanto as vítimas envolvidas foram colocadas no local, em um teatro cujo fator de choque faz com que os expectadores reflitam sobre suas próprias atitudes no trânsito – seja motorista, motociclista, ciclista ou pedestre.

Os estudantes também distribuíram brindes e forneceram orientações sobre passagem segura de pedestres e relação de respeito entre eles e os condutores de veículos. O encerramento ocorreu por volta das 10h00, com apresentação da banda Jack James. A iniciativa também teve o apoio do Departamento de Trânsito.