Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

A consulta pública lançada na segunda-feira (29) pela Acei (Associação Comercial e Empresarial de Itapira) para coletar sugestões sobre o protocolo único dos mercados e supermercados contra o coronavírus foi encerrada nesta quarta-feira (1).

Em 48 horas, a consulta online recebeu sugestões de 92 pessoas. A síntese das principais medidas sugeridas está listada abaixo. Segundo a entidade de classe, algumas delas apareceram em mais de uma sugestão.

Mantenha-se bem informado: curta nossa página no Facebook, siga-nos no Instagram e também pelo Twitter

A ideia é que as participações ajudem a nortear as autoridades na formatação de um protocolo geral a ser seguido por todos os estabelecimentos do setor supermercadista do município.

O próximo passo agora será encaminhar as sugestões aos representantes do setor, que posteriormente deverão ser remetidas ao Comitê de Gestão de Crise do Coronavírus. Caso as medidas sejam acatadas, o conjunto de regras deverá ser instituído via decreto do Poder Executivo.

Principais sugestões que apareceram em mais de uma opinião por participante:
  1. Controle de fluxo de consumidores nos estabelecimentos;
  2. Marcação de distanciamento de 1,5 m nos açougues, padarias, frios e feirinhas e marcação de distanciamento 1,5m nas filas do caixa com constante orientação por parte de um colaborador orientando caso haja necessidade;
  3. Proibição de entrada de crianças (ou recomendação);
  4. Limitação de pessoas por família;
  5. Maior fiscalização (por parte da administração pública);
  6. Horário diferenciado para pessoas do grupo de risco ou idosos;
  7. Maior divulgação/orientação dentro dos estabelecimentos através de som/imagens de medidas de segurança para contenção do coronavírus;
  8. Disponibilizar mais pontos de fácil visibilidade com álcool em gel 70° para uso em comum;
  9. Limpeza constante de carrinhos e cestas;
  10. Orientação do uso correto dos EPI´S pelos colaboradores e consumidores;
  11. Interromper, até o final da pandemia as degustações e cafezinhos.