Submetralhadora furtada de viatura do DEIC foi recuperada pela Força Tática (Alexandre Batista)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

do Portal Mogi Guaçu

Submetralhadora furtada de viatura do DEIC foi recuperada pela Força Tática (Alexandre Batista)
Submetralhadora furtada de viatura do DEIC foi recuperada pela Força Tática (Alexandre Batista)

A equipe de Força Tática da Polícia Militar, composta pelos PMs Fontes, Pisani, André Luis e Willian, recuperaram, na tarde de ontem (12), uma submetralhadora Famae .40 que havia sido furtada de dentro de uma viatura do DEIC (Departamento Estadual de Investigações Criminais), em Mogi Guaçu. O crime aconteceu na Rua Guaíra, no Jardim Ypê III, onde os policiais de São Paulo realizavam entrega de intimação.

Segundo informações aferidas em boletim de ocorrência, um adolescente de 17 anos, já conhecido do meio policial por envolvimento em diversos crimes, se aproveitou da ausência dos agentes, arrombou a porta da viatura e furtou a arma de uso restrito e um carregador, fugindo em seguida. Ao perceber o crime, os policiais passaram a procurar pelo autor do furto e tiveram ajuda da Polícia Militar. O adolescente foi encontrado perto do condomínio Moacir Guzoni, no entanto, estava sem a arma. Levado para a delegacia, o infrator foi interrogado e confessou o crime, alegando ter repassado a arma para outra pessoa, identificada apenas por um apelido.

Com base nas informações transmitidas pelo adolescente, a equipe de Força Tática encontrou um carro Gol vermelho e uma motocicleta escura, na rodovia SP-340, na região do bairro Santa Marta. Os veículos estavam parados no acostamento do quilometro 173, local onde três pessoas conversavam ao lado do carro. Quando os policiais se aproximaram, o motoqueiro fugiu pela estrada e os outros dois indivíduos correram para um matagal. O motorista do carro, morador do Jardim Ypê II, de 22 anos, estava com a arma furtada. A submetralhadora e o carregador foram recuperados.

O adolescente responsável pelo furto foi apreendido por ato infracional, sendo mantido em uma cela especial à disposição da Justiça. O homem detido com a submetralhadora foi preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo de uso restrito.