Comandante da Defesa Civil, Ronaldo Ramos, presta continência ao companheiro Santos: homenagem emocionante (Paulo Bellini/ItapiraNews)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

Mais antigo agente da Defesa Civil, o bombeiro Heraldo de Assis Pereira Pacheco Santos recebeu uma grata surpresa na manhã desta sexta-feira (18).

Logo após deixar o Hospital Municipal, onde permaneceu internado por quase uma semana com quadro de Covid-19, ele foi recebido em sua casa pelos companheiros de corporação, em uma homenagem que emocionou familiares e vizinhos.

Mantenha-se bem informado: curta nossa página no Facebook, siga-nos no Instagram e também pelo Twitter

Os demais agentes da Defesa Civil posicionaram as viaturas para receber o amigo em posição de sentido, com prestação de continência e aplausos.

A recepção calorosa foi registrada com exclusividade pela equipe do Itapira News. Santos foi internado no domingo passado (13) e teve diagnóstico positivo para coronavírus. Ele também enfrentou complicações relacionadas a pneumonia e níveis baixos das plaquetas sanguíneas.

Ao deixar o hospital e retornar ao lar, Santos agradeceu a Deus, aos familiares e também aos funcionários da Saúde. “Fiquei seis dias internados, mas graças a Deus venci mais um capítulo. Deus é fiel”, comentou em entrevista ao portal.

“Quero parabenizar os funcionários do Hospital Municipal de uma forma geral, por todo o carinho, profissionalismo e amor incondicional com que fazem seu trabalho. Eu tive muita dor e eles sempre diziam que eu ia ficar bem e ia vencer, isso é muito bonito”, disse.

  • HOMENAGEM

Segundo o comandante da Defesa Civil, Ronaldo Ramos da Silva, o companheiro passou mal após atuar em uma das grandes queimadas ocorridas há cerca de duas semanas passada no município, precisando se afastar já no dia 6.

Uma semana depois acabou piorando e foi hospitalizado. “Felizmente, ele se recuperou, vai ficar mais um tempo em repouso, mas estamos muito felizes por ter voltado para casa. O Santos é o mais antigo bombeiro em atividade na Defesa Civil, faz parte da primeira turma. Ficamos muito preocupados, mas graças a Deus deu tudo certo”, comentou.

 

Publicidade - Anuncie aqui