Ferrasso relata problemas com alagamentos: prejuízos constantes (Paulo Bellini/ItapiraNews)
publicidade

Basta uma chuva rápida e um pouco mais volumosa para acender o alerta de vários moradores que residem na Rua Carlos Bellini, na região do Jardim Camboriú, em Itapira.

Os alagamentos em pontos da via têm sido frequentes, com enxurradas que chegam a invadir algumas casas, gerando não só transtornos como prejuízos.

O episódio mais recente foi durante a chuva torrencial na semana passada, que provocou alagamentos em outras partes da cidade. Porém, no caso do motorista Bento Ferraso Bueno Júnior, 55, a situação infelizmente já não é nenhuma novidade.

Há uma semana, na quarta-feira (12), ele novamente viu sua casa ser invadida pela forte enxurrada, acompanhada de muita lama, que desceu por terrenos próximos e não encontraram escoamento adequado na via pública.

Um trecho do asfalto perto do portão também cedeu, expondo parte da galeria incapaz de comportar o volume de água. Ainda segundo apurado, não é necessário nem que a chuva seja muito volumosa para que o problema seja registrado.

A Prefeitura, segundo o morador, já tinha conhecimento da situação há tempos. “Há alguns meses vieram algumas pessoas aqui para avaliar, mas depois ninguém voltou e não soubemos mais de nada”, relatou.

Na chuva mais recente, a água danificou móveis e deixou um rastro de muita sujeira dentro da casa. O prejuízo somente não foi maior em razão das medidas de precaução da família ao suspender alguns móveis e eletrodomésticos.

A água também atingiu o carro do morador, na garagem. Na rua, a força da enxurrada quase arrancou o parachoque de um carro que estava estacionado.

Asfalto e parte de galeria cederam com força da enxurrada (Paulo Bellini/ItapiraNews)
  • PROVIDÊNCIAS

A Prefeitura informou que fará uma intervenção no local. Em nota, a assessoria de imprensa confirmou que uma equipe da Secretaria Municipal de Obras esteve no local há seis meses e que, desde então, um planejamento foi iniciado para analisar as obras necessárias.

Nesta semana, cerca de 80 tubos de concreto foram descarregados na praça do bairro – eles fazem parte de 250 que serão necessários para ampliar as galerias de forma que comportem o volume de água que escoa da parte mais alta para a parte mais baixa da região durantes as chuvas.

Tubos de concreto descarregados no local indicam início próximo de obras (Paulo Bellini/ItapiraNews)

“Por se tratar de uma obra delicada, visto que estamos em período de chuvas, o trabalho deve ser realizado de forma cuidadosa e em trechos pequenos e a previsão é de que termine em um prazo de três meses”, explicou a assessoria da Prefeitura.

Print Friendly, PDF & Email

Publicidade - Anuncie aqui