Estudantes protestam contra reorganização em Itapira
Publicidade - Anuncie aqui também!
Ocupação da Cândido de Moura começou na madrugada
Ocupação da Cândido de Moura começou na madrugada
Publicidade - Anuncie aqui

A Escola Estadual ‘Professor Cândido de Moura’, no Jardim Raquel, foi desocupada pelos estudantes que protestam contra a reorganização escolar em Itapira. Os alunos permaneceram menos de 12 horas na unidade e resolveram encerrar a manifestação diante de supostas pressões externas sofridas ao longo do dia.

Segundo apurado pela reportagem, a decisão teria sido tomada após assembleia promovida pelos alunos que preferiram não gerar qualquer situação conflituosa junto a possíveis grupos contrários à ocupação. Os estudantes deverão seguir apoiando os demais protestos que acontecem nas escolas ‘Pedro Ferreira Cintra’ e ‘Antônio Caio’. As informações foram apuradas junto a membros do movimento, que preferem não se identificar.

As ocupações de escolas estaduais em Itapira começaram na quarta-feira (25). A reorganização escolar desencadeada pelo governo paulista pretende fechar 93 escolas e transferir 311 mil alunos de suas escolas dentro de um processo de alterações de ciclos de ensino nas unidades. Em Itapira, as escolas Antônio Caio, Benedito Flores de Azevedo, Pedro Ferreira Cintra, Elvira Santos de Oliveira e Cândido de Moura concentrarão mudanças a partir do próximo ano.

As três primeiras (Antônio Caio, Benedito Flores e Pedro Ferreira) atenderão somente a alunos dos chamados anos finais do Ensino Fundamental (6º ao 9º). Já a Cândido de Moura e Elvira Santos de Oliveira (ESO) receberão somente os estudantes do Ensino Médio. As demais unidades do município – Júlio Mesquita, Fenízio Marchini e Caetano Munhoz – permanecem com seus modelos de atendimento inalterados, ou seja, abrangendo os ciclos mistos de ensino.