Glauco tinha 52 anos (Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

Morreu na madrugada desta terça-feira (9) o jornalista e palestrante Glauco Lauri, aos 52 anos de idade. A causa da morte ainda não foi confirmada, mas Lauri estava hospitalizado com quadro de pneumonia.

Servidor público, ele era responsável pelo Setor de Comunicação da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer. Deficiente visual – perdeu a visão em 1996, aos 29 anos, em decorrência de complicações geradas pela diabetes – Lauri se tornou palestrante nos últimos anos, quando também lançou o livro ‘Enxergando com o Coração.

Acumulou mais de 330 palestras nas quais falava sobre superação, sobre a arte do recomeço, sobre amizade e ética, e também sobre preconceitos. Passou a ser reconhecido pela forma diferenciada que enfrentou suas adversidades, sempre com bom humor e muita resistência, tornando-se ele próprio um grande exemplo de superação.

Apaixonado pelo esporte, também chegou a participar da Corrida de São Silvestre, tendo como guia o professor de Educação Física Luís Francisco Soriani – que também o acompanhava em corridas e caminhadas pelas ruas de Itapira.

Mantinha, também, trabalhos ligados à imprensa local, na área esportiva, tendo trabalhando ainda na Rádio Clube AM. O corpo está sendo velado no Velório Municipal da Saudade e o sepultamento acontece no Cemitério da Saudade às 17h00 desta terça-feira, aos cuidados do Serviço Funerário Itapirense.