Situações de desrespeito ainda são comuns
Publicidade - Anuncie aqui também!
Situações de desrespeito ainda são comuns
Situações de desrespeito ainda são comuns
Publicidade - Anuncie aqui

O semáforo instalado com objetivo de disciplinar o tráfego de veículos no cruzamento entre a Rua Embaixador Pedro de Toledo e Avenida dos Italianos, no Cubatão, completou um mês de funcionamento.

O equipamento foi instalado no final de agosto, entrando em operação precisamente no dia 29 daquele mês. Após o período inicial da presença do dispositivo no movimentado cruzamento, a avaliação do Departamento de Trânsito é positiva – ainda que existam ressalvas.

“A situação é muito positiva, o trânsito flui de maneira muito melhor no local, mas ainda existem aqueles que desobedecem as novas regras”, comenta o secretário municipal de Defesa Social, Clayton Ribeiro, que também responde pela direção de Trânsito. Ele se refere à proibição de conversão à esquerda para quem segue em qualquer um dos quatro sentidos do cruzamento. “Um pouco é falta de atenção, mas sabemos que também faltam respeito e educação no trânsito, já que está tudo emplacado e foi amplamente divulgado. É uma extrema minoria, pois 97% dos motoristas que passam por esse local respeitam as regras”, considera.

Ainda que o número seja pequeno, não foi preciso mais que 10 minutos no local para que a reportagem flagrasse três situações de desrespeito. O fato é que nos primeiros 30 dias com o semáforo em operação, nenhum acidente foi registrado no cruzamento – até então famoso por constantes colisões. Daí, a conclusão de que o equipamento tem cumprido exatamente sua função de organizar o tráfego. A Rua Embaixador Pedro de Toledo serve como a principal ligação entre o Centro e o Cubatão, enquanto que a Avenida dos Italianos atua como importante artéria entre as regiões dos Prados e do Jardim Soares e Distrito Industrial ‘Carlos Eduardo Yonezawa’.

CAMINHÕES

Enquanto a situação no mais novo ponto de semáforo da cidade é avaliada positivamente, Ribeiro destaca problemas com relação ao tráfego de caminhões no município. Desde o início deste ano, alguns tipos de veículos pesados estão sujeitos à restrição veicular em determinados trechos da zona urbana.

Após um período de adaptação, a maioria dos motoristas passou a respeitar as regras. “Mas, agora sentimos que um número grande de caminhões voltou a rodar dentro da cidade, e por isso intensificamos a fiscalização”, destaca o secretário. O resultado, segundo ele, já se refletiu no número de multas aplicadas somente na manhã desta terça-feira (02), que foi de 15 autuações de motoristas infratores. “Todos são de fora da cidade”, enfatiza.

Apesar de alguns problemas, trânsito está disciplinado no local
Apesar de alguns problemas, trânsito está disciplinado no local