Local que abrigou empresa falida foi reduzido a entulho
publicidade
Local que abrigou empresa falida foi reduzido a entulho
Local que abrigou empresa falida foi reduzido a entulho

O amplo imóvel que um dia abrigou as atividades da Metalúrgica Borbec em Itapira começou a ser demolido na manhã desta segunda-feira (23).

O prédio, situado à Rua Mauro Simões, região do Flávio Zacchi, estava abandonado há anos e era alvo de constantes reclamações da população vizinha, já que servia de abrigo para pessoas em atitudes suspeitas e palco de atividades ilícitas – como tráfico de drogas.

Guardas acompanharam trabalhos de demolição
Guardas acompanharam trabalhos de demolição

A demolição começou por volta das 10h00 e o início dos trabalhos foi acompanhado pela GCM (Guarda Civil Municipal). Uma mulher que estava alojada no interior do imóvel se revoltou e precisou ser contida. O SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado para atendê-la e encaminhá-la ao Hospital Municipal.

Uma retroescavadeira foi responsável por colocar no chão a estrutura do prédio, que foi reduzido a um amontoado de entulhos. O imóvel está incluso em um processo judicial aberto depois que a empresa encerrou as atividades e decretou falência há mais de 15 anos.

Imóvel servia de palco para atividades ilícitas
Imóvel servia de palco para atividades ilícitas

Desde então, o moradores próximos ao local cobravam soluções para o prédio. A Prefeitura afirmou que possui a posse do imóvel através de liminar e a demolição foi autorizada, também por força de liminar, pelo TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo).

O trabalho está a cargo das secretarias municipais de Obras e Planejamento e de Serviços Públicos. “Nesta primeira etapa foi demolida a área coberta e considerada a mais problemática. Para dar continuidade ao procedimento haverá um processo de contratação de uma empresa para retirar toda a estrutura metálica e, por fim, demolição total de todas as paredes”, informou nota emitida pela Prefeitura. A administração informou que ainda não há estudos para a destinação da área.

Prédio estava completamente abandonado no Flávio Zacchi
Prédio estava completamente abandonado no Flávio Zacchi
Print Friendly, PDF & Email

Publicidade - Anuncie aqui