Congada Mineira é comandada por 'Seo' Arnaldo Franco em Itapira (Reprodução/Luís Galaverna)
publicidade

Os membros da Congada Mineira de São Benedito de Itapira vivem um momento de grande expectativa nesta quinta-feira (12).

Às vésperas do dia 13 de maio, ápice da programação da Festa em Louvor a São Benedito – a tradicional Festa de Maio – o grupo se prepara para a primeira apresentação desde maio de 2019, quando ocorreu a última edição do evento popular.

Em 2020 e em 2021, a pandemia fez com que a Festa de Maio não acontecesse. E assim como os congadeiros de outros grupos, os membros da Congada Mineira de Itapira sentiram muita falta da tradição que mantém há muitos anos e que é símbolo de resistência da cultura negra.

“Foi difícil pra nós que estávamos acostumados, aí veio a doença (coronavírus) e não deu para sair mais”, comentou o chefe da Congada Mineira, ‘Seô’ Arnaldo Franco. De acordo com ele, atualmente o grupo conta com 12 ‘resistentes’, dos quais vários são de sua família.

“Quase todos são parentes, filhos, filha, desde crianças já eram da congada, eu ainda vou até quando puder, quando não puder eu entrego para eles”, finaliza.

  • AGENDA

Mesmo em um ano sem a tradicional Procissão da Coroa, os congadeiros terão um dia movimentado neste 13 de maio. Às 10h00, acompanham a missa solene com benção do Bolo de São Benedito, na Igreja Matriz de São Benedito.

Em seguida, às 11h00, caminham, dançam, tocam e cantam até a Praça Henrique Felipe da Costa – Henricão, na Vila Boa Esperança, onde reverenciam o Busto da Mãe Preta.

À tarde, os congadeiros também participam da procissão e, no retorno ao Largo de São Benedito, tocam em homenagem a São Benedito. Neste ano, além do grupo anfitrião, estão confirmadas as congadas de Aguaí, Mogi Guaçu, Ouro Fino e Rio Claro.

Print Friendly, PDF & Email

Publicidade - Anuncie aqui