Motocicleta foi líder de vendas durante muitos anos no Brasil (Divulgação/Honda)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

A montadora Honda confirmou nesta sexta-feira (1) o encerramento da produção da CG 125 cilindradas no Brasil. Lançada em 1976, o modelo foi a primeira motocicleta nacional da marca japonesa e por anos ocupou o topo das motos mais vendidas do país.

Foi também a primeira moto do mundo a rodar movida a etanol, em 1981. O posto de moto mais vendida do Brasil somente foi desbancado após o lançamento, pela mesma montadora, da CG 150 cilindradas.

Mais recentemente, a Honda CG 160 se tornou a líder de vendas no mercado brasileiro. Enquanto isso, no ano passado, a CG 125 amargou o sétimo lugar entre as motos mais vencidas do país, com pouco mais de 28 mil unidades comercializadas.

Entre os motivos para a decisão da Honda em descontinuir a produção do modelo está a nova regra que exige tecnologia mais seguras para freios – como o sistema ABS – nas motos novas, medida que passou a vigorar no início deste ano. A Honda resolveu que não investirá no sistema para o modelo 125.

Além disso, segundo a montadora, o público brasileiro também mudou de perfil: hoje, o consumidor das motocicletas de baixa cilindrada, segundo a empresa, está mais interessado em modelos scooter. Até por isso, a marca acaba de lançar o Elite 125 no Brasil e reforçou o PCX 150 como estratégia de reforçar a presença nesse segmento.