Vereadores Rafael Lopes e Maurício Lima durante sessão na Câmara (Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

A Câmara Municipal de Itapira aprovou por unanimidade, na sessão da última terça-feira (29), o Projeto de Lei 26/2018 que concede reajuste nos vencimentos e proventos dos servidores públicos municipais. O texto de autoria do prefeito José Natalino Paganini (PSDB) aplica 2,76% de reajuste – índice inflacionário acumulado entre maio de 2017 e abril de 2018.

Na ocasião, também foi aprovada uma Emenda Modificativa, de autoria de todos os vereadores, que aplicou o mesmo percentual também ao ticket alimentação e aos abonos assiduidade e de Natal do funcionalismo.

A apresentação da emenda foi resultado direto de negociações feitas pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itapira, intermediadas pela base governista junto à administração. Pelo projeto original encaminhado à Casa pelo prefeito, os benefícios se manteriam congelados, assim como ocorreu ano passado.

“Solicitamos uma conversa junto aos vereadores pedindo que mediassem (a conversa com o prefeito) e eles se comprometeram em fazer essa mediação. Foi pouco, mas pra quem não tinha nada foi uma vitória. Agradeço à comissão de servidores que esteve conosco na Câmara e aos vereadores que intermediaram a negociação com o prefeito”, comentou a presidente do Sindicato, Cristina Helena da Silva Gomes.

Sem a emenda, o ticket e os abonos assiduidade e de Natal se manteriam com os valores, respectivamente, de R$ 325,45, R$ 65,10 e R$ 130,20. O reajuste é retroativo a 1º de maio de 2018 e abrange os servidores públicos municipais, ativos e inativos, inclusive da administração direta e indireta. O projeto agora segue para sanção do prefeito.