Petalas de Rosas presta apoio a vítimas do câncer de mama (Monik Ungaratti)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Petalas de Rosas presta apoio a vítimas do câncer de mama (Monik Ungaratti)
Petalas de Rosas presta apoio a vítimas do câncer de mama (Monik Ungaratti)
Publicidade - Anuncie aqui

do Portal Megaphone

A Associação Pétalas de Rosas – Unidas por Laços de Solidariedade – celebra um ano de atividades neste domingo (8), Dia Internacional da Mulher.

Fundado em 8 de março de 2014, o grupo tem por objetivo prestar apoio e levar conforto a mulheres em tratamento ou que venceram o câncer de mama.

O primeiro aniversário será marcado por missa de ação de graças na Igreja Matriz de Nossa Senhora Aparecida, no Bairro dos Prados. O ato litúrgico coordenado pelo padre Ildefonso Ribeiro Luz tem início às 19h00.

Apesar do lançamento em março passado, o grupo só foi oficializado após a constituição legal de seu estatuto e composição da diretoria. A partir disso começou uma série de atividades voltadas ao tema, incluindo visitas domiciliares à pacientes diagnosticas com a doença.

“Tudo começou com encontros individuais com o psicólogo da UBS (Unidade Básica de Saúde) do Bairro dos Prados. Esse trabalho demandou um interesse muito grande de outras mulheres que estavam na mesma situação e na falta de horário para atender todas foi criado um grupo de terapia coletivo”, explica a presidente do grupo, Vanda Silveira Moraes Soliani, 54.

Com o passar do tempo, os encontros passaram a ser realizados uma vez por semana em diferentes postos de saúde do município, o que resultou posteriormente na criação da associação. As reuniões para planejamento das ações e sessões de terapia acontecem quinzenalmente, às terças-feiras, na sede da Floricultura Natureza, localizada à Rua Luiz Vaz de Camões, 47, no São Vicente.

As atividades tem início às 19h00, e contam com a supervisão de vários profissionais voluntários, como psicólogo, fisioterapeuta, assistente social e advogado. “Nosso trabalho é ajudar pacientes recém diagnosticas ou em tratamento a superar essa dificuldade. Quando a pessoa descobre que está com câncer é bombardeada de informações equivocadas. Nosso trabalho é justamente explicar de uma forma sutil todo processo e oferecer ajuda mutua, pois todas nós já passamos ou ainda estamos enfrentando esse mesmo problema”, disse.

As ações previstas para este ano incluem ainda a realização de palestras, criação do banco de lenços para as mulheres que estão em tratamento quimioterápico e banco de remédios para pessoas portadoras de câncer. “Muitas vezes, as pessoas que estão em tratamento não precisam mais dos respectivos remédios e as famílias não sabem o que fazer com esses medicamentos. Desta forma, estaremos recebendo as doações e repassando aos setores responsáveis pela distribuição”, comenta uma das integrantes do movimento Luciana Moino.

Outras informações sobre as reuniões e eventos organizados pelo grupo Pétalas de Rosa podem ser obtidas diretamente através do fone 3863-2333. Contribuições em dinheiro devem ser depositadas no Banco do Brasil, agencia 0171-6, conta corrente 40224-9.