Atendimento do 190 será centralizado em Campinas a partir desta semana

Ligações feitas de Itapira para número de emergência da Polícia Militar cairão no COPOM Regional

As ligações para o telefone 190, da Polícia Militar, originadas de Itapira e de outras cidades da região passarão a ser atendidas pelo COPOM (Centro de Operações Regionalizado de Campinas) a partir desta semana. A mudança, que deve ser gradual, está prevista para vigorar até o dia 20 no município. Com isso, todos os telefonemas – tanto de aparelhos fixos quanto móveis – feitos para o número de emergência da PM serão direcionados para Campinas.

De lá, o atendente fará a coleta dos dados da ocorrência e, eventualmente, do solicitante, caso o mesmo deseje se identificar, e fornecerá os detalhes para as viaturas da área, despachando o atendimento a partir da central regionalizada. A alteração segue uma tendência que aos poucos abrange todas as 38 cidades pertencentes ao CPI (Comando de Policiamento do Interior) 2 – também sediado em Campinas. A PM não prevê demora no atendimento às ocorrências, uma vez que o despacho será feito aos mesmos policiais da cidade, porém é importante que as informações transmitidas contenham dados mais precisos.

Para quem telefonar para a Polícia Militar por meio do 190, a principal orientação a partir de agora é que se concentre em fornecer o maior número de dados concretos principalmente a respeito da localização da ocorrência. É que, ao contrário de policiais locais que conhecem a cidade por nomes informais e populares, os atendentes do COPOM precisarão obter o endereço completo, com nome da rua e bairro, e número aproximado em caso de ocorrência em via pública, por exemplo. “Essa mudança vai dar mais segurança tanto ao cidadão quanto ao policial, pois o COPOM detém uma estrutura melhor para atendimento e despacho”, frisou o capitão Marcos Sanches, comandante da Polícia Militar em Itapira.

De acordo com ele, as operadoras de telefonia devem concluir nestes dias os direcionamento das chamadas. Desta forma, é possível que uma ligação feita de determinada operadora caia em Campinas e, outra ligação, por outra empresa, seja atendida ainda em Itapira, até que todas as operadoras concluam o processo. No CAD (Centro de Atendimento e Despacho) da 3ª Cia da PM em Itapira, o policial responsável pelo atendimento às ocorrências via telefone continuará atuando nas rotinas administrativas e atendimento pessoal aos cidadãos que se dirigem ao quartel.