Lidiane colocou a adversária no chão e venceu o combate por pontos (Foto: Ivan Teixeira/Equipe Rei Fight/Divulgação)
publicidade - anuncie aqui

Três atletas da Alpha Muay Thai participaram da Edição Coliseum no Jaguar Stadium, em Jaguariúna (SP). Carlos Raphael, 21, e Lidiane Teles, 38, venceram os combates, enquanto que Rovilson Fasoli, 50, estreou em competições oficiais com um desempenho marcado pela superação.

O evento aconteceu no dia 6 de abril. Com um cartel que soma agora seis vitórias em sete lutas, Carlos Raphael nocauteou Pedro Novaes logo no primeiro round. Ele encaixou um bom chute na cabeça do rival, que sentiu, e na sequência partiu para cima com uma sequência de joelhadas.

O árbitro interrompeu e logo em seguida encerrou o combate, após averiguar que Novaes não teria mais condições de continuar. “Carlos está buscando seu espaço e já está com sete lutas e seis vitórias”, destacou o técnico Rodrigo Haro.

Com 62,4 quilos de peso e 1m58 de altura, Lidiane encarou a segunda luta na carreira e teve pela frente a mineira Polyana Aparecida, bem mais alta e pesada – 1m80 e 80 quilos. A itapirense não se intimidou e venceu os três rounds por decisão unânime.

Carlos Raphael se impôs logo no início e venceu por nocaute (Foto: Ivan Teixeira/Equipe Rei Fight/Divulgação)

Ela conseguiu até abrir contagem, no momento em que acertou um perfeito golpe na linha de cintura da adversária. “Já sabíamos da diferença de altura e peso quando o promotor me passou. Aceitei a luta porque sabia da garra e capacidade que minha atleta tem. Ela executou a estratégia certinho”, destacou Haro.

Lutador mais velho registrado a entrar no ringue por Itapira, Rovilson Fasoli estreou diante do mineiro João Bosco, de 52 anos. O atleta da Alpha foi melhor nos dois primeiros rounds, porém o condicionamento físico caiu no terceiro.

O oponente impôs um ritmo mais forte e tirou a vitória do itapirense por pontos. “No muay thai a pontuação não é round a round. O Rovilson deu um show, cansou no final, mais saiu de cabeça erguida, deixando a todos orgulhosos”, elogiou Rodrigo Haro.

Rovilson Fasoli estreou e desempenho foi muito elogiado (Foto: Ivan Teixeira/Equipe Rei Fight/Divulgação)

A equipe se prepara agora para dois eventos em maio. Primeiro o King Fighter, em São João da Boa Vista (SP), no dia 11, e na sequência o Dominium Fighter, dia 18, em Jacutinga (MG), inclusive com a possibilidade de disputa de cinturão.

Print Friendly, PDF & Email
Publicidade - Anuncie aqui