João Marquezini falou aos presentes em evento no Cubatão (Leo Santos)

A pré-candidatura a deputado federal do itapirense João Marquezini foi oficializada na noite da última terça-feira (17) em evento coordenado pelo diretório municipal do PSOL (Partido Socialismo e Liberdade).

O ato aconteceu em um imóvel no Cubatão e teve a presença da vereadora campineira e também pré-candidata a deputada federal Mariana Conti. O anúncio da pretensão de uma nova presença itapirense nas eleições deste ano já havia sido feito pelo Itapira News no início do mês.

Pouco mais de 20 pessoas acompanharam a apresentação oficial da pré-candidatura de Marquezini, historiador e servidor público estadual que aos 30 anos se prepara para sua segunda campanha política – ele foi candidato a vice-prefeito de Itapira na chapa de Cristiano Florence em 2016.

Após breve discurso de Mariana Conti, Marquezini falou aos presentes sobre seu intuito ao se lançar na disputa a uma vaga no Congresso Nacional. “Enxergamos a eleição como um momento de avaliar o que fizemos e o que vamos fazer. É a continuidade do nosso trabalho”, disse.

Parte do discurso de Marquezini também concentrou críticas ao governo municipal, assim como fez Mariana, citando a ação judicial pela qual alguns vereadores itapirenses tentam obter ressarcimento dos valores não recebidos após aprovação de um projeto de iniciativa popular que reduziu seus subsídios em 2012. “Temos a necessidade de apresentar alternativas. Há um desgaste muito grande em relação à política tradicional, às propostas tradicionais, a população está rejeitando”, disse a vereadora.

Após o evento, a reportagem tentou contato com Marquezini para que detalhasse os próximos passos em direção à possível candidatura, mas não houve retorno.

Publicidade - Anuncie aqui