O tempo mais ameno e chuvoso do fim de semana não foi capaz de combater o tempo seco e a Umidade Relativa do Ar segue em níveis críticos em Itapira.

A previsão para esta semana, inclusive, é que Itapira entre em estado de emergência, na quarta-feira (1º), quando a umidade pode cair a 10%, segundo previsão do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).

Entre esta segunda e terça-feira, dias 30 e 31, os níveis também seguem em variação entre 50% e 90%. O tempo mais seco volta a predominar à medida em que a temperatura sobe, com máximas na casa dos 30ºC.

Ainda segundo o Inmet, não há previsão de chuva, o que reforça a importância da adoção de cuidados extras para evitar ou minimizar os danos à saúde.


  • O que significa umidade relativa do ar?

Significa, em termos simplificados, o quanto de água na forma de vapor existe na atmosfera no momento em relação ao total máximo que poderia existir, na temperatura observada.

A umidade do ar é mais baixa principalmente no final do inverno e início da primavera, no período da tarde, entre 12 e 16 horas.

A umidade fica mais alta sempre que chove, devido à evaporação que ocorre posteriormente, em áreas florestadas ou próximas aos rios ou represas ou quando a temperatura diminui, em razão do orvalho).

Problemas decorrentes da baixa umidade do ar: complicações alérgicas e respiratórias devido ao ressecamento de mucosas, sangramento pelo nariz, ressecamento da pele, irritação dos olhos, eletricidade estática nas pessoas e em equipamentos eletrônicos e aumento do potencial de incêndios em pastagens e florestas.

  • Classificação dos estados de criticidade:

Entre 21 e 30% – Estado de Atenção

Cuidados a serem tomados:

  • Evitar exercícios físicos ao ar livre entre 11 e 15 horas;
  • Umidificar o ambiente através de vaporizadores, toalhas molhadas, recipientes com água, molhamento de jardins, etc.;
  • Sempre que possível permanecer em locais protegidos do sol, em áreas vegetadas, etc.;
  • Consumir água à vontade.

Entre 12 e 20% – Estado de Alerta

Cuidados a serem tomados:

  • Observar as recomendações do estado de atenção;
  • Suprimir exercícios físicos e trabalhos ao ar livre entre 10 e 16 horas;
  • Evitar aglomerações em ambientes fechados;
  • Usar soro fisiológico para olhos e narinas.

Abaixo de 12% – Estado de Emergência

Cuidados a serem tomados:

  • Observar as recomendações para os estados de atenção e de alerta;
  • Determinar a interrupção de qualquer atividade ao ar livre entre 10 e 16 horas como aulas de educação física, coleta de lixo, entrega de correspondência, etc.;
  • Determinar a suspensão de atividades que exijam aglomerações de pessoas em recintos fechados como aulas, cinemas, etc., entre 10 e 16 horas;
  • Durante as tardes, manter com umidade os ambientes internos, principalmente quarto de crianças, hospitais, etc.

 

Print Friendly, PDF & Email

Publicidade - Anuncie aqui