Sindicalistas paralisaram agência que deverá ser fechada (Holofoto/Seeb Campinas)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Sindicalistas paralisaram agência que deverá ser fechada (Holofoto/Seeb Campinas)
Sindicalistas paralisaram agência que deverá ser fechada (Holofoto/Seeb Campinas)
Publicidade - Anuncie aqui

Funcionários das duas agências do Santander em Itapira paralisaram os serviços durante todo expediente da última segunda-feira, em protesto contra o fechamento de uma delas, que funciona em imóvel que anteriormente abrigava o Banco Real, na Rua José Bonifácio, no Centro.

A paralisação trouxe ao município representantes do Sindicato dos Bancários de Campinas, que temem que o fechamento da agência resulte em demissão de seus funcionários. A outra agência, a principal do Santander em Itapira, fica a poucos metros, na Rua Comendador João Cintra, também na região central.

De acordo com o diretor regional do Sindicato, Vagner Mortais, o banco espanhol tem adotado uma política conhecida por “mais com menos”. “O Santander fecha unidades, muda funções e cargos e demite. O que resulta em precarização do atendimento. Em Itapira, por exemplo, em alguns dias do mês, as agências tem prestado atendimento apenas com um caixa. O que é um completo descaso com os clientes e usuários. Esse quadro enxuto, evidente, implica em ritmo alucinante de trabalho e consequente adoecimento de bancários”, criticou Mortais.

A paralisação, segundo o sindicalista, surtiu efeito. De acordo com o Sindicato, a direção regional do Santander em Mogi Guaçu garantiu que os bancários do ex-Real serão realocados. E a agência deverá mesmo fechar suas portas a partir do dia 25. “O compromisso do regional do Santander, firmado verbalmente, sinaliza que não haverá demissões. Esse é o nosso objetivo, ou seja, garantir o nível de emprego. Porém, vamos acompanhar de perto todo o processo de fechamento da agência do ex-Real”, disse o dirigente sindical. De acordo com informações da Contraf (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro)

Em 2013, o Banco Santander cortou 4.371 funcionários, fechou 94 agências e 128 postos de atendimento (PAs) e desativou 835 caixas eletrônicos. No mesmo período, passou a administrar 29,5 milhões de contas correntes, ante 27,3 milhões em 2012. O lucro líquido foi de R$ 5,7 bilhões, o que representa 23% do resultado mundial do Santander.

Agência do Santander na Rua José Bonifácio estaria em vias de ser fechada
Agência do Santander na Rua José Bonifácio estaria em vias de ser fechada
Publicidade - Anuncie aqui