Munhoz teve mandato cassado por decisão do TRE (Arquivo/-Divulgação/ALESP)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

Citado nas investigações da Operação Lava Jato, o deputado estadual e ex-prefeito de Itapira, José Antônio Barros Munhoz (PSDB), rechaçou a acusação de ter recebido R$ 50 mil em recursos irregulares para sua campanha eleitoral de 2010.

O parlamentar foi citado na delação da Odebrecht e disse que nunca pediu recursos irregulares e nem autorizou ninguém a fazer isso em seu nome. Em nota divulgada à imprensa (leia abaixo, na íntegra), o tucano destacou que em 40 anos de vida pública ocupou diversos cargos no Legislativo e no Executivo e que nunca sofreu qualquer acusação de deslize na gestão de recursos.

“Orgulho-me de ser reconhecidamente honesto, trabalhador e cumpridor de meus deveres como cidadão e, principalmente, como político. Itapira me conhece e sabe que eu jamais a decepcionarei”, disse o deputado na nota. Na região, além de Munhoz, o ex-prefeito de Mogi Guaçu, Paulo Eduardo de Barros, também foi citado na delação. Ele teria recebido R$ 700 mil em 2012, e também rebateu a acusação dizendo que não recebeu esse dinheiro “em hipótese alguma”. A lista com os políticos citados na delação foi divulgada nesta semana por determinação do ministro Edson Fachin, do STF (Supremo Tribunal Federal).

Leia a nota de Barros Munhoz:

ESCLARECIMENTO

Em meus 40 anos de vida pública, administrei o Escritório da Petrobrás em São Paulo, a Secretaria da Agricultura e Abastecimento do Estado, o Ministério da Agricultura, Abastecimento e Reforma Agrária do Brasil e a Assembleia Legislativa de São Paulo em dois mandatos.

Foram oito anos administrando esses órgãos da máxima importância e gerindo recursos que somam, em valores atuais, mais de 60 bilhões de reais. Nunca sofri acusação pela prática de qualquer deslize no exercício de todas essas nobres e espinhosas funções.

Todas as minhas contas foram analisadas e aprovadas pelos órgãos competentes de fiscalização no Estado e na União. Disputei nove eleições: uma para governador, três para prefeito e cinco para deputado estadual e sempre exigi que minhas campanhas fossem feitas dentro da lei. Nunca também fui acusado de qualquer irregularidade.

Todas as minhas contas dessas NOVE eleições foram integralmente aprovadas pelos Tribunais competentes. Orgulho-me de ser reconhecidamente honesto, trabalhador e cumpridor de meus deveres como cidadão e, principalmente, como político. Itapira me conhece e sabe que eu jamais a decepcionarei.

José Antônio Barros Munhoz

Deputado Estadual