Monise ao lado da gruta de orações: surpresa e espetáculo da natureza (Divulgação/Adilson Tolotto)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

Um casal residente na Vila Penha do Rio do Peixe montou uma verdadeira operação cinematográfica para conseguir registrar o processo de transformação de uma lagarta em borboleta.

A metamorfose acabou virando pauta do programa Terra da Gente, exibido pela EPTV – emissora afiliada À TV Globo.

Mantenha-se bem informado: curta nossa página no Facebook, siga-nos no Instagram e também pelo Twitter

De quebra, a história ainda acabou simbolizando também a superação de uma dificuldade de âmbito familiar da analista de laboratório Monise Pelizer Tolotto, de 35 anos.

O fenômeno aconteceu em uma gruta de orações construída por ela no jardim de sua casa. Com apoio do esposo Adilson Divino Tolotto, 41, toda a metamorfose ocorrida ao longo de 26 dias foi registrada.

O casal usou câmeras de segurança para gravação do casulo durante 24 horas por dia e contou ainda com aparatos profissionais, como luz de estúdio e câmeras fotográficas.

A história inusitada teve início a partir de uma despedida dolorida – o falecimento da mãe de Monise. Muito religiosa, ela tinha o desejo de ter uma gruta para orações, que acabou sendo construída pela filha.

“Sou uma pessoa que acredita muito na espiritualidade e aqui eu coloco minhas energias boas”, explica a analista. Quando ela colocou um pé de arruda em frente às imagens religiosas da gruta, a presença de uma lagartinha chamou a atenção.

“Um dia, eu e meu marido vimos uma lagartinha na folha de arruda. A gente percebeu que ela se alimentava das folhinhas e então eu fui colocando mais pés de arruda. A gente tentou estudar, pesquisamos sobre ela e descobrimos que poderia se tornar uma borboleta”, conta Monise.

Foi então que surgiu a ideia de acompanhar e registrar o processo de metamorfose do inseto. Uma das câmeras de segurança da casa foi removida de seu local original e foi instalada em um tripé na frente da gruta.

A atuação de Adilson como fotógrafo também ajudou e, com uso de câmera profissional, ele aproveitou para registrar as etapas da transformação. Durante quase um mês o casal acompanhou e contemplou o processo até que uma bela borboleta saiu do casulo e alçou voo.

A metamorfose deixou Monise muito emocionada. “Eu passei por uma fase muito difícil e consegui superar. Nessa época, tive a certeza de que tudo tem seu tempo. Foi como fiz com a borboleta: tinha cuidado, mas em nenhum momento eu toquei nela. Na nossa vida tudo tem o seu momento e sua história, é só deixar tudo fluir”, lembra Monise em meio às lágrimas.

Publicidade - Anuncie aqui