Black Friday exige cuidados nas compras (Paulo Pinto/Fotos Públicas)
Publicidade    
Publicidade - Anuncie aqui

Uma das datas mais aguardadas pelos consumidores norte-americanos, a Black Friday vem ganhando cada vez mais força no Brasil. E Itapira não é exceção. Comerciantes e cliente da cidade têm voltado cada vez mais seus olhos para o período de descontos.

“Os consumidores estão aguardando a promoção, então os comerciantes já estão mais atentos, aproveitando as oportunidades, temos observado que vários comerciantes já estão desde o início de novembro com ofertas e promoções, aproveitando essa onda do Black Friday”, diz o gerente da ACEI (Associação Comercial e Empresarial de Itapira).

Inicialmente restrito a apenas alguns segmentos, hoje a temporada de preços baixos envolve até mesmo farmácias. “A gente tem visto que todos os segmentos têm aproveitado essa temporada do Black Friday, não só com promoções, mas também com condições diferenciadas”, complementa.

 

Mas, a caça aos descontos requer atenção para evitar que ofertas não acabem se transformando em dor de cabeça. “Após a Black Friday a gente tem acréscimo de 30% no número de atendimentos, principalmente em decorrência dessas compras feitas em sites. Não entrega, demora na entrega do produto, compras que a pessoa acredita que comprou uma coisa e na verdade não comprou, então tem que ficar atento principalmente quanto à procedência do site”, explica a responsável pelo Procon em Itapira, Gabriela Stefanini.

Em razão disso, o Procon tem alertado os consumidores para evitar as armadilhas desse período de vendas em alta. “A Fundação Procon libera um site que tem a lista negra dos sites e lojas não indicados, então é bom sempre que for realizar uma compra é importante pesquisar para não cair em uma cilada”, afirma.