Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

O preço do botijão de gás de 13 quilos fica mais alto a partir desta sexta-feira (28), quando começa valer o reajuste médio de 5% aplicado nas refinarias da Petrobras.

Esse é o sexto aumento de preços consecutivos desde maio para o GLP (Gás Liquefeito de Petróleo), como é conhecido o gás mais vendido para consumo residencial no país.

Mantenha-se bem informado: curta nossa página no Facebook, siga-nos no Instagram e também pelo Twitter

O reajuste, entretanto, também é válido para o produto consumido em comércios e indústrias.

No início do ano, em função da forte queda dos preços do petróleo na época, a Petrobras realizou cinco reduções no GLP. Com o reajuste anunciado agora o produto acumula uma alta média no ano de 5,77%.

A necessidade do reajuste é atribuída à disparada na cotação do dólar, que impacta nos preços da Petrobras no mercado internacional.

Além disso, os valores do GLP estão em alta, de acordo com executivos do setor, especialmente nos Estados Unidos. A temporada de furacões nos EUA também estaria refletindo nos preços dos combustíveis.