Vigília na noite de segunda-feira reuniu populares na Rua Espanha (ItapiraNews)
publicidade

Ainda continuam as buscas pela bebê Ísis Helena, desaparecida há mais de uma semana em Itapira.

A criança de apenas um ano e 10 meses sumiu de sua casa, na Rua Espanha, supostamente durante ausência da mãe e da avó.

A Polícia Civil segue investigando o caso, mas o trabalho vem sendo prejudicado pelo volume de informações falsas disseminadas nas redes sociais.

Nos últimos dias, diversas ‘fake news’ foram divulgadas, ora anunciando que o corpo da bebê havia sido encontrado, outra vezes afirmando que a mãe teria confessado algum tipo de participação no desaparecimento.

Tudo falso. Até mesmo áudios circulam em grupos de aplicativos de mensagens noticiando supostos desfechos para o caso. Há também muitas ameaças a familiares da criança – casos que também já estão chegando à polícia, com pedidos de providências.

Tudo isso acaba por atrapalhar as operações dos órgãos de segurança envolvidos. A grande comoção pública em torno do assunto e a repercussão nacional elevaram o caso a um patamar sem precedentes no município, com direito a cobertura em tempo integral por emissoras de TV.

A reportagem apurou que a DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) segue uma linha de investigação principal, porém sem descartar outras possibilidades. As diligências seguem ocorrendo, bem como a coleta de depoimentos.

Até o meio-dia desta quarta-feira (11), porém, não havia nada ainda concreto sobre o caso: a pequena Ísis segue desaparecida e não há nenhuma resposta sobre o que realmente aconteceu.

Print Friendly, PDF & Email

Publicidade - Anuncie aqui