Publicidade - Anuncie aqui também!
Cabo Waldirene, durante ocorrência em que prendeu autores de latrocínio: trabalho reconhecido
Cabo Waldirene, durante ocorrência em que prendeu autores de latrocínio: trabalho reconhecido
Publicidade - Anuncie aqui

A policial militar cabo Waldirene Diniz, que atua na 3ª Cia da Polícia Militar (PM) de Itapira, foi eleita a ‘Policial do Ano’, pelo 26º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM/I), ao qual a PM itapirense é subordinada.

A eleição ocorreu na terça-feira, 03, na sede do BPM/I, em Mogi Guaçu. A solenidade foi conduzida pelo tenente-coronel Enilson de Andrade Melo, comandante do Batalhão que abrange oito municípios. Além de cabo Waldirene, também receberam o reconhecimento de ‘Policial Militar do Ano’ a PM Andréia, da 1ª Cia, em Mogi Guaçu, o cabo Joel, na 2ª Cia, em Mogi Mirim.

Cabo Waldirene, ao lado dos colegas de farda, teve reconhecidos seus méritos em diversas atuações durante ocorrências ao longo do ano no combate à criminalidade e defesa da sociedade. Em uma das ocorrências de maior destaque no noticiário policial deste ano, cabo Waldirene teve atuação decisiva para capturar duas pessoas, autoras de um latrocínio – roubo seguido de morte.

O caso ocorreu na noite 31 de agosto, quando o açougueiro João Batista Vieira, 57 anos, foi brutalmente assassinado a facadas. Após o crime, ocorrido em uma chácara no bairro rural do Tanquinho, cabo Waldirene promoveu insistentes diligências e, seguindo pistas deixadas pelos autores na cena do crime, conseguiu chegar, com apoio de outros policiais, ao servente Edson Carlos dos Santos, 45, e ao lavrador Paulo Donisete de Almeida, 54, que foram presos em flagrante na mesma noite.

“Os policiais eleitos demonstraram um senso de compromisso e responsabilidade que se sobressai, como características pessoais em seus compromissos, responsabilidades em seus comportamentos diários, sempre com valentia e profissionalismo nas atividades operacionais, conquistando a confiança de seus colegas de trabalho”, comentou o tenente-coronel.

Ele também aproveitou para parabenizar não somente os PMs homenageados, mas também aos demais componentes da instituição de segurança pública que em 2013 trabalharam para a preservação da ordem pública. “São pessoas que estão sempre prontas para servir e proteger, homens e mulheres valorosos que amam o que fazem e dedicam-se mesmo com o sacrifício da própria vida”, conclui o comandante.