Orçamento foi aprovado na Câmara Municipal (Arquivo)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Orçamento foi aprovado na Câmara Municipal (Arquivo)
Orçamento foi aprovado na Câmara Municipal (Arquivo)
Publicidade - Anuncie aqui

Os vereadores itapirenses aprovaram por unanimidade, na sessão da última terça-feira (13), o Projeto de Lei 62/2016, que estima a receita e fixa a despesa para o exercício financeiro de 2017 da Prefeitura.

O texto recebeu somente uma emenda, também aprovada, que complementa subvenções concedidas a entidades do município, entre elas a Uipa (União Internacional Protetora dos Animais).

A peça orçamentária prevê o montante de R$ 284 milhões para o próximo ano – R$ 2,3 milhões a menos que o disponibilizado para o exercício vigente. A queda na arrecadação e a possibilidade de que alguns convênios não sejam renovados em janeiro motivam os cortes em diversas áreas.

Juntamente com o orçamento, também foram aprovados dois projetos relacionados à peça, que versam sobre alterações em anexos do PPA (Plano Plurianual) 2014-2017 e em artigos da LOA (Lei de Diretrizes Orçamentárias) para 2017. A aprovação dos textos é necessária para que possa haver a integração entre a programação do orçamento e as leis relacionadas à gestão econômica do município. Durante a sua tramitação pela Câmara, o orçamento passou por audiência pública. Na oportunidade, a peça esteve à disposição da população, tanto para análise quanto para sugestão. Agora o texto segue para o Executivo para ser promulgado pelo prefeito José Natalino Paganini (PSDB) e vigorar no exercício do próximo ano.