Evento é beneficente à Casa Transitória, que atende crianças e adolescentes
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

anuncieanimadoUma campanha de arrecadação de produtos de limpeza, de higiene e alimentos foi desencadeada para auxiliar a Casa Transitória Flávio Zacchi, instituição que atende a crianças e adolescentes carentes e em situação de vulnerabilidade social. As doações podem ser feitas até o próximo dia 17.

A ação começou de forma espontânea através de voluntários que divulgaram nas redes sociais as dificuldades enfrentadas pela instituição. Um dos organizadores da ação, Rodrigo Vilela Sartorelli, 41, disse que a ideia surgiu em um grupo de amigos em um aplicativo de mensagens instantâneas. “O professor de Educação Física Ricardo André Semogin mencionou que a Casa Transitória estava passando por dificuldades e precisava das doações e que seria importante se o pessoal do grupo pudesse ajudar. Aí eu sugeri que aumentássemos esse leque, divulgando aos demais contatos e grupos e no Facebook”, contou.

A ideia deu certo e a ação acabou mobilizando um grande número de pessoas. “Para nossa surpresa, a resposta da população foi imediata. Fica a dica para as demais entidades que, caso necessitem, usem as redes sociais para este tipo de mobilização”, recomendou Sartorelli. Instalada naVila Boa Esperança, a Casa Transitória abriga hoje 20 pessoas com idade entre seis meses e 16 anos. Entre os itens de maior necessidade estão leite, fraldas, lenços umedecidos, açúcar, óleo, achocolatado, água sanitária, amaciante de roupas, detergente, sabonete e sabão. “Essa ação social nasceu de voluntários que tomaram conhecimento das nossas dificuldades, que na verdade sempre enfrentamos. Realmente temos um consumo muito grande desses produtos, temos várias crianças e até bebês abrigados na instituição e toda ajuda é muito bem vinda”, comentou a coordenadora Isabel Cristina Fávero Martins, 59.

De acordo com ela, a repercussão nas redes sociais foi grande e a Casa Transitória já recebeu bastante doação de leites e fraldas, entre outros produtos. “A recepção da comunidade tem sido muito positiva, a solidariedade tem um retorno muito bom e isso é algo muito bonito”, friso a coordenadora. As doações podem ser feitas diretamente na sede da instituição, à Rua Maestro Américo Passarella, 20, ou ainda no Escritório de Contabilidade Visar, que fica na Rua Regente Feijó, 286, no Centro.