Casa ficou bastante danificada em razão do trágico incêndio (Divulgação)
publicidade

Uma campanha de financiamento coletivo criada em Itapira está arrecadando recursos para ajudar na reforma da casa atingida por um trágico incêndio na madrugada da última terça-feira (7) e que matou um casal de jovens.

A iniciativa é do operador de máquinas Adan Rodrigo Pedroso, 36, ex-marido de Maria Cleidiane dos Santos, 41 – mãe de uma das vítimas, Sauan Santos da Silva, 19. Junto dele morreu a namorada Tailaine Estevão Marcelo, 18.

O fogo consumiu totalmente o quarto do casal. A estrutura da casa não chegou a ser abalada, mas o reboco se desprendeu de todas as paredes em razão do calor gerado pelas chamas e a maior parte dos móveis também foi danificada.

Inicialmente, a campanha criada na plataforma Vakinha visa arrecadar R$ 2.500 – custo estimado da reforma do imóvel que é alugado. “O valor exato nós ainda não sabemos, eu fiz o cálculo inicialmente contando mão de obra e material”, explicou Pedroso.

“O que for arrecadado e não for usado na reforma usaremos para ajudar no aluguel de outro imóvel”, completou. Até o momento da publicação desta matéria, mais de 40 pessoas já haviam contribuído com doações que acumulavam pouco mais de R$ 1.500,00.

  • AUXÍLIO

Ainda de acordo com Pedroso, os proprietários do imóvel foram compreensivos diante da situação, mas a família não tem planos de voltar a viver na casa em razão do trauma. “Não tem mais clima, desde que tudo aconteceu eles não voltaram mais lá, estou correndo atrás disso para eles”.

Adan e Cleidiane foram casados por 10 anos e mesmo após o término permaneceram amigos, prezando principalmente pelo bem estar do filho de 11 anos, fruto do relacionamento.

“Apesar do Sauan não ser meu filho de sangue, sempre cuidei e o considerei como meu filho também”, disse. Além da campanha de ajuda financeira, há também uma ação solidária que busca doações principalmente de roupas e calçados.

Além de Saymon, Cleidiane também é mãe de uma menina de quatro anos e, segundo familiares, todos estavam apenas “com a roupa do corpo” quando precisaram sair correndo do imóvel.

Para ajudar com a vaquinha online é possível acessar este link ou através do PIX usando a chave [email protected]. Já as doações de roupas e e calçados podem ser deixadas na loja Dona Donuts, na Rua José Bonifácio, 365, no Centro.

Print Friendly, PDF & Email

Publicidade - Anuncie aqui