publicidade

Depois de cerca de 20 anos de etapas abrigadas na sede do Lions Clube de Itapira, a Campanha de Doação de Sangue promovida pelo Hemocentro da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) em parceria com o Banco de Sangue do Hospital Municipal será realizada em novo local.

A partir deste ano, as ações bimestrais passam a ser abrigadas no campus central do Uniesi (Centro Universitário de Itapira), situado na Avenida Rio Branco, 99, no Centro. O calendário de 2022 da campanha começa no dia 17 de fevereiro.

A mudança de local já vinha sendo estudada pelos organizadores, mas a ideia deixou de ser uma opção e se tornou uma necessidade a partir de uma nova exigência que constou em resolução emitida pela Unicamp, de que o ambiente da coleta de sangue precisa ser climatizado.

Dessa forma, a permanência no espaço cedido pelo Lions se tornou inviável, já que o local não é dotado de sistema de ar-condicionado. Como o Uniesi já atua como parceiro da campanha, a mudança para o campus acabou sendo oficializada nesta semana.

“Sou muito grato ao pessoal do Lions Clube, mas agora essa mudança de local se tornou necessária”, disse o responsável pelo Banco de Sangue do Hospital Municipal, Francisco de Assis Azevedo Marella.

“O pessoal do Uniesi já nos ajuda com as campanhas há algum tempo, e aí surgiu a oportunidade de passarmos a usar o espaço do campus central para abrigar as etapas. A estrutura é muito boa, teremos salas de espera, triagem e de doação climatizadas, e com um espaço aberto para o lanche servido após a doação, o que evita que haja aglomerações”, detalhou.

Depois da primeira etapa, em 17 de fevereiro, as demais coletas acontecerão nos dias 28 de abril, 23 de junho, 18 de agosto, 20 de outubro e 15 de dezembro.

O horário de atendimento segue o mesmo, com distribuição de senhas aos voluntários a partir das 9h00 e coleta até 12h00.

Durante a ação, os protocolos de segurança contra a disseminação da Covid-19 devem ser respeitados, como o distanciamento social, uso de máscaras e de álcool em gel.

  • APELO

Marella voltou a fazer um apelo para que os doadores se mantenham atentos às datas das etapas e participem ativamente, já que os estoques do Banco de Sangue novamente estão em níveis críticos.

De acordo com ele, além das hospitalizações devido ao aumento dos casos de Covid-19, outro fator tem prejudicado as campanha: as pessoas que tiveram sintomas gripais não podem doar sangue dentro de determinados períodos.

“Peço que a população se mobilize para participar da doação em fevereiro e que também tenham paciência com a gente, é um local novo e alguns imprevistos podem acontecer nessa primeira etapa”, finalizou Marella.

Print Friendly, PDF & Email

Publicidade - Anuncie aqui