Própria empresa é responsável por entregar pedidos 'atendidos' (Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Própria empresa é responsável por entregar pedidos 'atendidos' (Divulgação)
Própria empresa é responsável por entregar pedidos ‘atendidos’ (Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui

do Portal Megaphone

As cartinhas de crianças endereçadas ao Papai Noel que aportam nos Correios já podem ser adotadas. A tradicional campanha Papai Noel dos Correios começou no último 12, em todas as agências do interior paulista.

A iniciativa, desenvolvida pela empresa há 24 anos, consiste no apadrinhamento de cartas com pedidos de crianças com até 10 anos ao Papai Noel. As solicitações podem ser feitas pelo público infantil até o dia 6 de dezembro, enquanto que as adoções, até o dia 13.

A ação contempla, além das correspondências das crianças que encaminham diretamente ao Papai Noel, as cartas formuladas por estudantes das escolas da rede pública até o 5º ano do Ensino Fundamental, creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos. O projeto recebe cartinhas manuscritas de crianças em situação de vulnerabilidade social, com pedidos preferencialmente de brinquedos simples, como bolas, bonecas, carrinhos, jogos e bichos de pelúcia.

Pedidos fora destes critérios não são selecionados e nem colocados para adoção, segundo informou a assessoria de comunicação da empresa. O limite de idade, no entanto, não se aplica aos portadores de deficiência. A proposta, além de incentivar o desenvolvimento da habilidade de redação e como endereçar uma correspondência, visa promover a imagem institucional dos Correios, crescimento social e educacional, além de fomentar preceitos de solidariedade e cidadania.

Em Itapira, as adoções podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 9h00 às 17h00, na agência localizada à Praça Bernardino de Campos, 184, na área central. Até a tarde de terça-feira, 19, a unidade itapirense dos Correios havia recebido 85 correspondências dentro dos critérios estabelecidos. Deste total, 20 já foram apadrinhadas.

Os interessados em colaborar devem comparecer à agência para escolher a carta e providenciar o presente até o dia 13 de dezembro. Uma das orientações aos padrinhos é para que se comprometam a atender aos pedidos conforme as cartinhas. Qualquer pessoa pode adotar e não há limites na quantidade. A entrega dos presentes é feita exclusivamente pelos Correios, para preservar a imagem e identidade das crianças e famílias.

AUMENTO

Os presentes são colocados no fluxo postal normal e são entregues pelos próprios carteiros. A empresa, responsável pela iniciativa, espera para este ano um aumento considerável no número de padrinhos. Em 2012, a agência local recebeu 983 cartas dentro dos critérios. Mais de 39% dos pedidos, o equivalente a 379, foram adotados.

No mesmo ano, as unidades dos Correios do interior paulista foram responsáveis pela seleção de 57.280 cartas, entre as quais 37.162, ou 72%, foram adotadas. Nos últimos três anos, em todo o país, foram recebidos 3,4 milhões de cartas destinadas ao Papai Noel dos Correios. Desse total, 2 milhões atendiam aos critérios da campanha e quase 75% foram adotadas, o que equivale a 1,5 milhão de cartas. Mais informações sobre o Papai Noel dos Correios podem ser obtidas no site oficial a campanha (www.correios.com.br/papainoelcorreios2013) ou pelo 0800.725.7282.