Alexandre e Shadi reúnem forças para recomeçar e contam com solidariedade popular (Paulo Bellini/ItapiraNews)
publicidade

Uma corrente solidária vem ganhando força para ajudar na reconstrução e cobertura dos prejuízos da loja Print Cartuchos, que atua no ramo de cartuchos e impressoras, atingida por um incêndio na manhã da última quinta-feira (13) em Itapira.

Uma campanha de financiamento coletiva foi organizada para arrecadar recursos, além de uma rifa. As doações pela plataforma Vakinha podem ser feitas com valores a partir de R$ 25,00.

A meta é de R$ 5 mil e até a manhã desta sexta-feira (14) o valor já estava em pouco mais de R$ 1 mil. Para ajudar, clique aqui. Também é possível fazer doações diretamente via PIX utilizando a chave de telefone celular número (19) 9.9633-3287

O estabelecimento que também atua com consertos de celulares e computadores ainda estava fechado quando o fogo começou, por volta das 8h50. A suspeita é que o incêndio tenha começado a partir de um curto-circuito.

“Choveu muito na quarta-feira, entrou água na laje e começou a vazar pelo sistema de iluminação. Desligamos tudo e fomos embora no final da tarde. Aí pela manhã de quinta começo a receber ligações de clientes dizendo que a loja estava pegando fogo”, conta Alexandre Donizete da Silva, 26 anos, que dirige o comércio ao lado do sócio Shadi Trablsy, 35.

“Os nossos vizinhos da MX Seguros chamaram a Defesa Civil. Acredito que a causa tenha sido mesmo um curto-circuito na rede elétrica”, afirma o empresário. De acordo com ele, o prejuízo total estimado gira em torno de R$ 150 mil.

A loja funciona na Avenida Rio Branco, esquina com a Rua Saldanha Marinho, na área central de Itapira. O fogo foi combatido durante aproximadamente 1h30 por equipes da Defesa Civil, dos Bombeiros Voluntários e do Corpo de Bombeiros de Mogi Guaçu.

Além dos produtos, equipamentos, balcões, prateleiras e vitrines, diversos aparelhos de clientes como celulares e impressoras também foram danificados. O imóvel também precisará passar por uma avaliação dos danos estruturais.

A loja funcionava há cinco anos no local. “Precisaremos recomeçar do zero. Tem um prédio ao lado e o dono permitiu que a gente trabalhe lá até acertar tudo”, enfatiza Silva. Para mais informações e formas de ajudar é possível manter contato pelos telefones  (19) 9.9633-3287 ou 9.9215-0206.

Print Friendly, PDF & Email

Publicidade - Anuncie aqui