Cão de faro teve papel fundamental na localização
Publicidade - Anuncie aqui também!
Final feliz: idosa foi encontrada e socorrida
Final feliz: idosa foi encontrada e socorrida
Publicidade - Anuncie aqui

A idosa Benedita Candreva Caversan, 68, foi localizada na tarde desta terça-feira (28), depois de ficar 48 horas desaparecida.

Ela foi encontrada por um cão farejador da GCM (Guarda Civil Municipal) de Mogi Mirim, que apoiava as buscas na região do bairro rural do Brumado, na divisa entre Itapira e Santo Antônio de Posse (SP).

Conforme noticiado pelo Itapira News, ela deixou seu apartamento, na região central de Itapira, no final da manhã de domingo (26). O destino era um sítio no Brumado, onde faria uma visita.

Seu último contato telefônico com uma amiga foi feito às 16h00 do mesmo dia, quando Benedita informou que seu carro, um Fiat/Palio, havia sofrido uma pane mecânica e ela estava perdida em um canavial a cerca de 20 quilômetros da área urbana de Itapira.

Depois disso, a bateria do seu celular acabou e ela ficou sem comunicação. Sem saber onde estava, ela passou os últimos dois dias andando em círculos, segundo relatou aos guardas que a encontraram. Na segunda-feira, o helicóptero Águia da Polícia Militar chegou a sobrevoar a região, sem lograr êxito em encontrar a mulher. Na manhã desta terça-feira, o carro foi avistado por um homem que avisou as autoridades.

Cão de faro teve papel fundamental na localização
Cão de faro teve papel fundamental na localização

Policiais civis – incluindo os delegados de Itapira e de Santo Antônio de Posse, e militares – incluindo o comandante da 3ª Cia da PM em Itapira, participaram das buscas junto à GCM de Itapira, que foi comunicada sobre a localização do carro. O Canil da GCM de Mogi Mirim compareceu para ajudar na operação. A cachorra Raja farejou os pertences da idosa no carro e após quase três horas de buscas conseguiu encontrá-la em uma moita.

A mulher estava debilitada, mas felizmente não apresentava lesões e estava lúcida. Ela própria confirmou aos guardas o emplacamento de seu carro e contou que para manter-se hidratada precisou ingerir a própria urina e caldo de cana que espremia com as mãos.

Ela disse ainda que chegou a avistar e acenou para o helicóptero, mas os policiais não a viram. Disse também que de onde estava conseguiu ver uma viatura passando, mas não tinha forças para caminhar.

Raja com os guardas de Mogi Mirim: sucesso nas buscas
Raja com os guardas de Mogi Mirim: sucesso nas buscas

A cachorra da GCM mogimiriana foi tradada como heroína pelas autoridades e, principalmente, pelos familiares da mulher, que já restabelecidos do choque e aliviados emocionalmente aproveitaram para tirar fotos do animal que salvou a mulher.

Ela foi encontrada no mesmo momento em que o Águia retornava a Itapira para prosseguir com as buscas. Benedita foi colocada em uma viatura da PM, que se deslocou com sentido a Itapira até encontrar uma unidade do Samu que seguia em sentido oposto, guiada por outra viatura militar. Foi feita a transferência, em momento de grande emoção até mesmo entre os policiais e guardas que participaram do resgate. A idosa foi levada à Santa Casa de Misericórdia para passar por avaliação geral e exames.