Acidente deixou oito pessoas feridas em Itapira na noite de domingo (Paulo Bellini/Itapira News)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

Uma colisão frontal entre dois veículos deixou oito pessoas feridas na noite deste domingo (22) em Itapira.

O grave acidente aconteceu na Rodovia SP-352 (Itapira-Jacutinga), mais precisamente no trecho entre a ponte dos Prados (Avenida Brasil) e o Trevo do Machadinho.

Os veículos – um Fiat/Palio e um Fiat/Tempra – trafegavam em sentidos opostos e, por motivos ainda a serem apurados, colidiram frontalmente.

Com a forte batida, os dois carros ficaram completamente destruídos e várias vítimas ficaram presas nas ferragens. Chovia no momento da colisão, por volta das 18h50.

Unidades de resgate da Intervias – concessionária que administra a pista, do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), Defesa Civil e Corpo de Bombeiros de Mogi Guaçu, além de ambulâncias do Hospital Municipal, atuaram no socorro às vítimas – que seriam três homens e cinco mulheres.

Ainda não há informações sobre a identidade das mesmas, tampouco local de residência. Os carros têm placas de Campinas (SP) e Jundiaí (SP). As informações iniciais dão conta de que ao menos três das vítimas teriam sofrido ferimentos mais graves, incluindo fraturas expostas.

As vítimas foram encaminhadas para o Pronto Socorro do Hospital Municipal e Santa Casa – uma delas foi levada pelo Corpo de Bombeiros para a Santa Casa de Mogi Mirim.

Mensagens publicadas nas redes sociais afirmaram que havia uma criança entre as vítimas, mas a informação não foi confirmada por socorridas. Equipes da Polícia Militar, Guarda Civil Municipal e Polícia Militar Rodoviária também trabalharam no local.

O trecho ficou interditado nos dois sentidos até a remoção das vítimas e dos veículos envolvidos, resultando em grande congestionamento.

Os dados completos ainda estão sendo coletados pelas autoridades para posterior elaboração do boletim de ocorrência na Delegacia de Polícia. As informações serão atualizadas tão logo o registro do caso seja concluído.