Papai Noel dos Correios: campanha permite adoção de cartinhas de crianças carentes (Ilustração)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

Termina nesta sexta-feira (14) o prazo para adoção de cartinhas endereçadas por crianças e famílias carentes ao Papai Noel e deixadas nas agências dos Correios. Os ‘padrinhos’ – que ajudam a realizar o sonho das crianças participantes da Campanha Papai Noel dos Correios – poderão adotar as cartas e entregar os presentes nas próprias agências dos Correios.

No interior do Estado de São Paulo, das 117.810 cartas selecionadas para a Campanha Papai Noel dos Correios, até o momento, 61.628 foram adotadas. Ainda aguardam adoção um total 56.182 cartinhas com pedidos de bonecas, bolas, carrinhos e outros brinquedos.

Além de estimular as crianças a escreverem cartas, a campanha dissemina valores natalinos, como a solidariedade. Em uma corrente do bem, empresa, empregados e voluntários da sociedade se juntam para, dentro do possível, atender aos pedidos de presentes daqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade social.

  • Entregas dos presentes

Os presentes são recebidos nas agências dos Correios para que posteriormente a entrega seja feita no próprio fluxo postal da unidade. Não é permitida a entrega direta do presente e, para assegurar a observância desse critério, o endereço da criança não é informado ao padrinho.

Além de ser uma forma de preservar a identidade das crianças, é uma forma de manter a magia do Natal, pois para a criança, a figura do Papai Noel está por trás dessa entrega tão especial. Todas as informações sobre o Papai Noel dos Correios 2018 poderão ser obtidas no blog http://blog.correios.com.br/papainoeldoscorreios.