Dengue avança na região e preocupa autoridades itapirenses (Arquivo/Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

A Divisão de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde de Itapira confirmou mais três casos positivos de dengue no município. Com isso, o saldo de contaminações da doença neste ano na cidade sobe para cinco. Os três novos casos foram confirmados no fim da semana passada. Dois deles se referem a um casal residente na área central do município.

O outro é de uma pessoa residente na região do São Vicente. Nas duas regiões já foram adotadas medidas de bloqueio para evitar novas contaminações. No domingo (17), o Itapira News noticiou que a vizinha cidade de Mogi Guaçu já contabiliza 60 casos somente neste ano – saldo que é quatro vezes maior que o registrado ao longo de todo o ano passado.

Além dos três casos confirmados na última semana em Itapira, outros dois já haviam sido notificados em janeiro. Devido ao surto no município vizinho, a Divisão de Vigilância Epidemiológica de Itapira acendeu o sinal amarelo e reforçou as ações dos agentes comunitários de Saúde, que intensificaram as visitas às residências levando orientações aos moradores.

A população deve colaborar para impedir o avanço da doença, atitude fundamental para o combate ao mosquito transmissor da dengue. Manter caixas d’água limpas e fechadas e impedir o acúmulo de água parada em qualquer recipiente, como vasos e pneus, são algumas das medidas a serem observadas. Ao sinal de qualquer sintoma suspeito, é preciso buscar ajuda médica.

  • FEBRE AMARELA

Também noticiado recentemente pelo Itapira News, o óbito de um homem por febre amarela em Serra Negra é outro motivo de preocupação das autoridades de Saúde na cidade. A área em que ele residia fica na divisa rural com Itapira e, por isso, equipes da Vigilância já realizaram o bloqueio das propriedades próximas à região, localizando diversas pessoas que ainda não estavam imunizadas contra a doença.