Capacitação foi oferecida pelo CREM no último dia 4 (Divulgação)
publicidade

A primeira capacitação promovida pelo CREM (Centro de Referência Especializado da Mulher) por meio do projeto Juntos Por Elas aconteceu no último dia 4 e foi bem avaliada pela organização.

A ação tem como objetivo orientar profissionais de diversas áreas para que possam identificar situações de violência vividas pelas clientes e, nesta primeira edição, participaram profissionais da área de beleza como manicures e cabeleireiros.

A capacitação foi promovida pela advogada e presidente da Comissão da Mulher da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) em Itapira, Vivian Nicolai, em conjunto com a equipe técnica do serviço.

“Foi uma troca muito interessante de vivências e de experiências e essa soma com certeza vai ser muito positiva e nos ajudará a chegar nessas mulheres antes que a condição delas se agrave ainda mais”, disse a coordenadora do CREM, a assistente social Sílvia Helena da Rocha Carvalho.

O CREM é um espaço de acolhimento/atendimento psicológico e social, orientação e encaminhamento jurídico à mulher em situação de violência e que proporciona os subsídios necessários para a superação de situação de violência, contribuindo para o fortalecimento da mulher e o resgate de sua cidadania.

Além desta função primária, o Centro também tem como objetivo ampliar a discussão sobre essa temática, bem como formar multiplicadores que ajudem a identificar situações de violência e agir antes que os casos se agravem e possam chegar à instância mais grave, como o feminicídio.

“O conhecimento sobre a dinâmica, tipos e o impacto da violência contra a mulher são elementos essenciais para a desestruturação de preconceitos que fundamentam a discriminação e a violência contra a mulher. Com esse bom resultado da primeira capacitação, já estamos planejando outras ações para ampliar a rede de apoio dessas mulheres”, finalizou Sílvia.

Print Friendly, PDF & Email

Publicidade - Anuncie aqui