Festa na Santa Fé marcou celebração do Vida Mais (André Pedro Foto & Cinema/Divulgação)
Publicidade    
Publicidade - Anuncie aqui

O Centro do Idoso Vida Mais acaba de comemorar seu primeiro aniversário. Fundado em 9 de outubro de 2017, a associação instalada na Vila Penha do Rio do Peixe completou um ano de funcionamento na última terça-feira (9). Para celebrar o importante momento, uma grandiosa festa foi realizada nas dependências do salão social do Clube de Campo Santa Fé, envolvendo mais de 600 convidados – entre eles, claro, os idosos que frequentam o Vida Mais.

Ao longo do primeiro ano de atividades, foram mais de 400 pessoas cadastradas, resultando até mesmo em listas de espera para diversas atividades oferecidas gratuitamente no espaço a homes e mulheres com idade a partir de 60 anos. Atualmente, são 342 associados distribuídos em 67 turmas e que participam de aulas de hidroginástica, artesanato, exercícios de memória, inclusão digital, ginástica, yoga, dança, além dos atendimentos no salão de beleza e autocuidado, da sala de cinema e da biblioteca, por exemplo.

Instituição fica na Penha do Rio do Peixe (Guilherme Jugni/Agência Soluciona)

Com cerca de 115 aulas por semana, o primeiro ano do Vida Mais somou mais de cinco mil horas/aula sob a coordenação de professores, monitores e voluntários. Além disso, foram mais de 50 atividades extras, como palestras, festas temáticas ou comemorativas, viagens e passeios. Mas, afinal, o que é o Vida Mais? O espaço instalado na Rua Farmacêutico Antônio Serra, 345, é fruto de um sonho de duas famílias – Schnitzer e Colosso – que um dia sonharam em contribuir com a sociedade por meio de um centro de atendimento a idosos, tendo como objetivo central promover mais qualidade de vida e bem estar ao público atendido.

Após seis anos de planejamento, empenho e muito trabalho, Itapira viu parte do topo do ‘Morro da Cascata’ ser ocupado por um belo prédio que hoje já é uma referência na cidade e na região, sendo ainda 100% financiado por suas famílias idealizadoras.

  • Uma grande família, com muitos vovôs e vovós!

Quando os membros das famílias Schnitzer e Colosso iniciaram o planejamento para construir o Centro do Idoso Vida Mais, talvez não tivessem em mente a amplitude que o projeto iria tomar. A ideia de oferecer um espaço de convivência, fomentando o envelhecimento saudável e autônomo e assim proporcionando mais qualidade de vida aos associados, foi além das expectativas iniciais.

Hoje, há relatos de familiares de pessoas atendidas que até mesmo deixaram de tomar medicamentos para prevenir ou combater sintomas depressivos, ou então que não precisam mais de medicamentos para conseguir dormir. Gente que mudou o estilo de vida, passou a ser mais ativo, voltou a sorrir, conquistou novas amizades e redescobriu muitas possibilidades que a vida oferece.

“Os idosos criaram vínculos muito fortes entre eles e também conosco, com os funcionários e diretores. É uma relação de muito amor, muito carinho e respeito. O Vida Mais se tornou um ambiente de amizade e cumplicidade, no qual eles se ajudam, se apoiam. Se um está com dificuldade em uma atividade, o outro ajuda, dá suporte. Eu costumo dizer que ganhei mais de 300 avós”, diz a gerente do Vida Mais, Nanda Schnitzer.

Para o administrador-geral Fernando Schnitzer, o sentimento é de muita alegria. “É um sentimento de saber que as pessoas que estão dentro do Vida Mais estão felizes, tendo uma qualidade de vida, isso é que é bacana. É um sonho realizado, nós torcemos por isso e fizemos isso acontecer. Hoje, após um ano da inauguração, é motivo de muita emoção”.

Equipe do Vida Mais reunida na festa (André Pedro Foto & Cinema/Divulgação)

Os conselheiros administrativo e fiscal, respectivamente, Maria Aparecida Martins Colosso e Roberto Colosso enfatizam também a alegria em fazer parte de um projeto tão bonito e que realmente está mudando muitas vidas para melhor. “Os idosos adoram os funcionários, os voluntários e os colaboradores. Eles querem saber como estamos, demonstram muito afeto, é incrível e maravilhoso”, comenta Mariazinha, como é carinhosamente chamada. “É motivo de muita alegria fazer parte do Vida Mais. Hoje, percebemos que conseguimos tornar realidade aquilo que um dia sonhamos, temos muito orgulho disso. É um trabalho lindo”, frisa Roberto.

Também conselheira fiscal da associação, Marisa Schnitzer afirma que todo o esforço foi válido. “Valeu cada minuto, cada planejamento, cada investimento para hoje vermos o sorriso no rosto dos associados, a satisfação dos funcionários e da equipe, dos colaboradores que temos dentro e fora do Vida Mais. Se cada um fizesse um pouquinho do que temos feito para ajudar o próximo, se cada um se doasse um pouquinho, o mundo seria bem melhor”, salienta.

  • Para um grande feito, uma grande festa!

A festa de aniversário de um ano do Centro do Idoso Vida Mais aconteceu na terça-feira, dia 9 de outubro – exatamente quando a inauguração do espaço completou um ano. O evento foi abrigado no salão social do Clube de Campo Santa Fé e recebeu mais de 600 convidados. A celebração contou com show musical, atrações circenses, muita animação e, claro, comida e bebida à vontade para os presentes. No discurso de abertura, o administrador-geral do Vida Mais, Fernando Schnitzer destacou a data histórica.

(André Pedro Foto & Cinema/Divulgação)

“Estamos celebrando um ano de atividades da Associação Centro do Idoso Vida Mais, muito mais conhecida como somente e simplesmente Vida Mais. Para nós, um sonho realizado. Para os nossos 342 atuais frequentadores, uma realidade que mudou a vida de muitos, para melhor. Mas essa era mesmo a nossa vontade! Sempre desejamos que o Vida Mais devolvesse a qualidade de vida para muitos daqueles que a tinham perdido. E também, sempre desejamos que o Vida Mais desse uma qualidade de vida para aqueles que talvez nunca tiveram uma qualidade de vida”, disse. O evento teve a organização da Letícia Iamarino – Cerimonial & Boas Ideias.

(André Pedro Foto & Cinema/Divulgação)