Doação de área foi assinada na sexta-feira, na Prefeitura (Divulgação)
Doação de área foi assinada na sexta-feira, na Prefeitura (Divulgação)
Doação de área foi assinada na sexta-feira, na Prefeitura (Divulgação)

Começa neste mês a construção do imóvel que vai abrigar as atividades da Associação Centro do Idoso ‘Vida Mais’ em Itapira. O local escolhido é um terreno na Rua Farmacêutico Antônio Serra, na Vila Penha do Rio do Peixe – região conhecida como Penhão.

A área, com pouco mais de 1,8 mil metros quadrados, foi doada pelo município. A assinatura do contrato de doação foi feita na manhã de sexta-feira (03) pelo prefeito José Natalino Paganini (PSDB).

O ato foi abrigado no Paço Municipal, e reuniu os representantes legais da associação Fernando Schnitzer, Marisa Schnitzer, Roberto Colosso e Maria Aparecida Colosso, além de secretários municipais, vereadores, membros do Conselho Municipal do Idoso, e outras autoridades.

Os documentos foram assinados pelos quatro representantes do Centro do Idoso ‘Vida Mais’, além do prefeito e do titular do 2º Tabelião de Notas e Protestos, Maurício Sabbag Law. Ao oficializar a doação do terreno, o prefeito lembrou que um de seus principais compromissos enquanto administrador público é cuidar dos idosos e das crianças. “São dois dos pontos principais e, graças a Deus, através de várias atividades, estamos fazendo isso”, afirmou.

Em nome da equipe à frente do projeto, Fernando Schnitzer agradeceu ao emprenho da Prefeitura e também do Legislativo pela doação da área. “Imagino que exista realmente esse compromisso com o cidadão itapirense e, para nós, é uma grande honra estar aqui. Essa será uma atividade que vamos exercer com muito amor, afinal, um dia também vamos nos tornar idosos”, definiu.

A doação da área pública que abrigará a sede do Centro do Idoso ‘Vida Mais’ foi autorizada pela Câmara Municipal de Itapira por meio da aprovação de Projeto Lei Complementar enviado pelo Executivo Municipal. Após o ato abrigado no gabinete do prefeito, os representantes da associação se deslocaram à sede da Construtora Marcati, onde também assinaram o contrato da obra junto ao engenheiro Antonio Carlos Marcati e ao arquiteto Douglas Eduardo Marcati.

Contrato para obras também já foi assinado
Contrato para obras também já foi assinado

A conceituada empresa será responsável pela construção da sede. A iniciativa conta ainda com o apoio do deputado estadual José Antônio Barros Munhoz (PSDB). A Associação Centro do Idoso ‘Vida Mais’ tem por objetivo promover o bem-estar de pessoas com mais de 60 anos de idade, saudáveis e com completa mobilidade psíquica e motora, contribuindo de forma solidária para um processo de envelhecimento ativo, saudável e autônomo.

A proposta da associação é oferecer a homens e mulheres diversas opções de cursos e oficinas visando o desenvolvimento de potencialidades e capacidades. As pessoas atendidas poderão frequentar o local de segunda a sexta-feira, entre 07h00 e 18h00, com intervalo das 11h00 às 13h00 para almoço. No local, eles serão envolvidos em uma grade de atividades estrategicamente projetadas para resultar em qualidade de vida e bem-estar. Pista de caminhada, biblioteca, áreas de lazer e descanso, salão de beleza e cinema são alguns dos destaques da sede, cujo processo de construção deverá se concluído em até dois anos.

Trata-se de uma iniciativa privada, que ganhou o apoio do Poder Público Municipal com a doação do terreno para a construção da sede, iniciativa esta que não consumirá nenhum recurso público. Tal iniciativa é fruto da preocupação dos representantes da associação que notaram os efeitos resultantes do aumento da expectativa média de vida dos brasileiros, em detrimento das dificuldades dos modelos contemporâneos de famílias, que com o cotidiano agitado acabam ficando sem o tempo necessário para oferecer a devida atenção e cuidados a seus entes idosos.

Assim, o Centro do Idoso ‘Vida Mais’ vem preencher uma lacuna social, ofertando, na condição de associação legalmente constituída – que brevemente será elevada à categoria de OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) – atividades socioculturais, recreativas, de lazer, terapias ocupacionais, palestras, exercícios físicos, hidroginástica e natação – tudo em um ambiente criado especialmente para reproduzir ao máximo o conforto do lar e atendendo a cada indivíduo com os cuidados específicos que o mesmo necessita. Todas as atividades terão acompanhamento de equipe multidisciplinar, que contará com assistente social, professores, monitores e demais profissionais habilitados para os trabalhos desenvolvidos.

Publicidade - Anuncie aqui