Nível do Ribeirão da Penha baixou em razão da estiagem (Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

As chuvas da última quarta-feira (25) e da madrugada desta quinta-feira (26) fizeram com que o nível de água do Ribeirão da Penha subisse, e a situação que antes era de alerta foi amenizada.

Na manhã da última quarta, o nível estava em 1,43 metros. Na semana passada o volume de água na ETA (Estação de Captação de Água) atingiu 1,33 metros e colocou em alerta o SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto).

De acordo com a autarquia, a forte onda de calor no fim do inverno contribuiu para o aumento do consumo de água e, consequentemente, da captação. Ainda na semana passada, equipes do SAAE também visitaram propriedades rurais ribeirinhas a fim de orientar sobre a situação e averiguar possíveis irregularidades, mas nada ilegal foi constatado.

Com as recentes chuvas, que até o início da manhã alcançava a marca de 8,2 milímetros, o mês setembro já soma 61 milímetros, bem próximo da média dos últimos 21 anos que é de 64,8 milímetros. Mesmo com a melhora da situação, o SAAE mantém o monitoramento do nível do Ribeirão da Penha.