Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

O Estado de São Paulo inteiro vai regredir para a Fase Vermelha do Plano São Paulo, a mais restritiva no enfrentamento da pandemia de coronavírus, durante os feriados de Natal e do Ano Novo.

A informação foi confirmada pelo governador João Doria (PSDB) nesta terça-feira (22) durante coletiva de imprensa de atualização das medidas de contingenciamento.

Mantenha-se bem informado: curta nossa página no Facebook, siga-nos no Instagram e também pelo Twitter

Segundo a decisão, todas as regiões, que já haviam regredido à Fase Amarela, ficarão na Fase Vermelha durante os dias 25, 26 e 27 de dezembro e 1, 2 e 3 de janeiro.

O argumento é de que o governo teme um descontrole da pandemia após as festas de fim de ano, com base no aumento de 54% no número de casos e de 34% no número de óbitos nas últimas quatro semanas.

“A gente precisa lembrar que não estamos em um momento de festas, nem de aglomerações. É nesses momentos que esse risco de descontrole da pandemia acontece e o mundo inteiro agora está aplicando medidas específicas neste momento”, disse a secretária de desenvolvimento econômico, Patrícia Ellen.

Na Fase Vermelha é permitido somente o funcionamento de atividades consideradas essenciais, como serviços de saúde, padarias, supermercados, farmácias, agropecuárias e transportes, por exemplo.

Em todo o estado, a região de Presidente Prudente é a única em que o retorno à Fase Vermelha não será apenas temporário durante os feriados.

O governo também anunciou que em janeiro nenhuma região vai para fase verde, a menos restritiva, e que a reclassificação do estado, que estava marcada para o próximo dia 4, foi adiada para o dia 7 de janeiro.

Publicidade - Anuncie aqui