Problemas em praça no Itamaracá irrita moradores (Itapira News)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

“Estado de abandono”. É dessa forma que moradores do Jardim Itamaracá classificam a situação do parquinho anexo à Praça Maximiliano Setti, situada às margens da Rua Arthur Bernardes.

As reclamações apontam para as condições de deterioração dos brinquedos de madeira existentes no local que deveria servir de espaço de lazer, mas que hoje acabam até mesmo representando riscos às crianças.

“Até evito trazer meus filhos aqui, tem até prego solto no escorregador, que também está com a prancha totalmente quebrada”, disse um homem que mora nas proximidades e que, por ter servidores públicos na família, pediu o anonimato.

Reclamações sobre o estado do parquinho foram encaminhadas ao Itapira News na última semana. A informação dos moradores é que os problemas já se arrastam por meses.

A reportagem esteve no local na última sexta-feira (6) e confirmou a procedência das queixas. De cinco equipamentos destinados ao uso da população no espaço, somente um deles – que concentra dois balanços – está em condições de uso.

Há também danos ao alambrado que cerca o espaço. Gangorras, escorregador e outro conjunto de balanços estão danificados total ou parcialmente. “Já pedimos melhorias, já reclamamos outras vezes, mas nada foi feito até agora”, completou o morador.

  • OUTRO LADO

A reportagem cobrou um posicionamento da Prefeitura sobre o assunto. Como resposta, a administração argumentou que “a Secretaria de Serviços Públicos realizou recentemente a troca de madeira e pintura dos bancos (da praça)” e disse que agora vai “programar a troca dos brinquedos e revitalização do espaço”.

A nota remetida ao Itapira News menciona ainda que “a Academia ao Ar Livre que existia na referida praça foi furtada e a Secretaria de Esportes e Lazer está fazendo o planejamento financeiro para fazer a reposição dos aparelhos”.