Construção de palco foi retomada no Parque
Publicidade - Anuncie aqui também!
Construção de palco foi retomada no Parque
Construção de palco foi retomada no Parque
Publicidade - Anuncie aqui

Depois de aproximadamente três meses sem qualquer movimentação,  as obras de construção de um palco fixo no Parque Juca Mulato foram retomadas.

Devido aos atrasos, a conclusão do trabalho – que era prevista para janeiro passado – só deve acontecer em fevereiro próximo, após mais de um ano em relação ao cronograma original. Isso se não ocorrer novas paralisações. Em novembro do ano passado, as obras já haviam sido praticamente paralisadas – embora a Prefeitura tenha definido o processo como “desaceleração”.

De qualquer forma, nas duas situações, um só motivo: o atraso no repasse das verbas federais, oriundas do Ministério do Turismo. De acordo com a Secretaria Municipal de Obras e Planejamento, “as obras ficaram sem ritmo por aproximadamente três meses”, sendo retomadas em outubro após o recebimento da segunda parcela dos recursos.

As obras ocupam parte da antiga quadra do Parque Juca Mulato. O objetivo da administração é ter um espaço apropriado para shows artísticos na região central da cidade – embora a Concha Acústica, inaugurada em 2012, tenha permanecido praticamente abandonada durante os primeiros quatro anos da gestão do prefeito José Natalino Paganini (PSDB). De um total de R$ 295.293,62, a construção do novo palco já recebeu investimentos na ordem de R$ 221 mil. Do valor total da obra, R$ 51,5 mil são dos cofres municipais e R$ 243,7 mil do Governo Federal.

AVANÇO

Com a retomada das obras, a construção do palco começou a apresentar os contornos mais claros do que deverá ser entregue no primeiro trimestre do próximo ano. Na semana passada, o cronograma atingiu 70% de conclusão. A intervenção que mais chamou a atenção nas últimas semanas foi a chegada da cobertura com chapas de aço fixadas a uma estrutura metálica. Batizado de Espaço Cultural Permanente, o novo próprio municipal concentrará camarins, banheiros e plataforma elevatória. Toda a parte de alvenaria já foi concluída, de acordo com a administração. O acabamento ainda concentrará a pintura, colocação de louças, corrimão e guarda-corpo, além do piso do palco – que será de granito – e as instalações elétricas.