Obras começaram neste domingo na Ponte Nova (Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

Começaram neste domingo (19) as obras de construção da nova ponte de acesso ao bairro rural da Ponte Nova, em Itapira.

O início dos trabalhos ocorreu imediatamente após a assinatura da ordem de serviço pelo prefeito José Natalino Paganini (PSDB).

Mantenha-se bem informado: curta nossa página no Facebook, siga-nos no Instagram e também pelo Twitter

Uma cerimônia no local reuniu vereadores, secretários municipais e também o deputado estadual José Antônio Barros Munhoz (PSB) – autor da emenda parlamentar que destinou recursos para a obra orçada em R$ 1.144.083,58.

A passagem está fechada desde fevereiro, quando a Justiça determinou a interdição da ponte por apresentar riscos estruturais. O episódio representou uma das principais polêmicas no âmbito político do município nos últimos meses, servindo como combustível para muitas críticas à Prefeitura.

Segundo a administração, a nova ponte terá 33 metros de comprimento e 9 metros de largura, com duas faixas de rolamento, calçadas dos dois lados com 1,5 metros cada e guarda corpo, tudo sobre uma superestrutura de concreto armado apoiada em quatro pilares.

Cerimônia de assinatura da ordem de serviço reuniu autoridades pela manhã (Divulgação)

“A interdição dessa ponte faz parte de um ponto negativo da minha vida. Mas hoje esse pesadelo começa a chegar ao final, graças ao apoio do deputado Barros Munhoz”, discursou o Prefeito José Natalino Paganini durante a cerimônia.

De acordo com o cronograma da licitação, o prazo para conclusão da obra é de até quatro meses. “Estou muito feliz de ver o que está acontecendo aqui hoje. Senti, junto aos amigos e moradores daqui, a dificuldade de não ter essa ponte funcionando. Agradeço ao Paganini, ao deputado Barros Munhoz e toda a equipe da Prefeitura por fazer essa obra acontecer ainda esse ano”, disse Geraldo Lefosse, presidente da Associação dos Moradores do Bairro da Ponte Nova.

A empresa vencedora da licitação que será responsável pela execução do trabalho é a Soluções Serviços Terceirizados Eirelli. “Apenas os pilares da ponte serão preservados e depois reforçados. O restante será todo demolido e uma nova ponte será construída” afirmou Willian César Oliveira de Mori, engenheiro civil responsável da obra.

“Estamos encerrando aqui esse capítulo triste da história da Ponte Nova. Essa ponte será símbolo do respeito que temos com esse bairro e seus moradores”, declarou Barros Munhoz.