Publicidade - Anuncie aqui também!
Conferência reuniu grande número de mulheres no auditório da Aipa (Divulgação)
Conferência reuniu grande número de mulheres no auditório da Aipa (Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui

O Conselho Municipal dos Direitos da Mulher realizou, na tarde de terça-feira (18), a 2ª Conferência Municipal de Políticas Para as Mulheres.

O evento foi abrigado no auditório da Aipa (Associação Itapirense de Preparo do Adolescente) e teve como tema ‘Mais Direitos, Participação e Poder Para as Mulheres’.

As atividades aconteceram entre 13h00 e 17h00 e, segundo a organização, reuniram mais de 150 pessoas – sendo a maior parte do público formada por representantes do sexo feminino. A abertura foi feita pelo prefeito José Natalino Paganini (PSDB).

A pauta focou a discussão de políticas públicas para o atendimento das mulheres. O encontro contou com a participação da delegada Vânia Turolla Alves Cardoso, titular da DDM (Delegacia de Defesa da Mulher), que explanou sobre as estatísticas criminais envolvendo o público feminino.

Delegada Vânia, da DDM, falou aos presentes (Divulgação)
Delegada Vânia, da DDM, falou aos presentes (Divulgação)

A ocasião também teve palestra da assistente social Rosa Federici.  Para a discussão em grupos, a conferência abordou quatro eixos temáticos, sendo: Participação dos Conselhos e Movimentos Feministas na Efetivação dos Direitos e Oportunidades das Mulheres e Orçamento; Sistema Nacional de Políticas Para Mulheres – Subsídios; Empoderamento das Mulheres no Sistema Político – Amadurecimento da Mulher no Poder e Casa de Passagem – Apoio Social às Mulheres que Sofrem Violência e Criação de Equipe Multidisciplinar Para o Atendimento Dessas Mulheres.

Ao final, as propostas foram apresentadas e votadas e passarão agora por compilação do Conselho para apresentação oficial do texto aprovado na Conferência aos setores competentes. Também foram eleitas duas delegadas que representarão o Conselho na Conferência em nível estadual. A GCMF (Guarda Civil Municipal Feminina) Paula Márcia Antônio foi eleita para representar o Poder Público, enquanto que Iolanda Massarotti foi eleita para representar a Sociedade Civil.