Publicidade - Anuncie aqui também!
Torcedores acompanham Itália e Costa Rica na Fan Fest, em Porto Alegre (Anselmo Cunha/PMPA)
Torcedores acompanham Itália e Costa Rica na Fan Fest, em Porto Alegre (Anselmo Cunha/PMPA)
Publicidade - Anuncie aqui

A surpresa da primeira rodada da Copa Mundo aprontou hoje (20) mais uma vez. Em jogo disputado na Arena Pernambuco, no Recife, a Costa Rica venceu a tetracampeã Itália, por 1 x 0, e garantiu a classificação antecipada para a próxima fase do Mundial.

Considerados, inicialmente, os mais fracos do “grupo da morte”, os costa-riquenhos, que já haviam desbancado os uruguaios, bicampeões do mundo, agora precisam de um empate com a já eliminada Inglaterra para serem os primeiros colocados no Grupo D.

A tradição da Azzura não intimidou a seleção costa-riquenha, que foi superior em praticamente todo o jogo. Aos 43 minutos do primeiro tempo, o meio-campo Bryan Ruiz aproveitou bom cruzamento da esquerda para cabecear para dentro do gol italiano. A bola bateu no travessão, quicou após a linha e saiu. O sistema eletrônico da Fifa confirmou que a bola cruzou totalmente a linha do gol.

Com maior volume de jogo, os torcedores costa-riquenhos chegaram a gritar “olé” em vários momentos do segundo tempo. O técnico italiano Cesare Prandelli usou as três alterações, mas não conseguiu mudar o resultado do jogo.

Com a derrota, a seleção italiana segue na segunda colocação do grupo e joga pelo empate contra o Uruguai, na próxima terça-feira (24), às 13h, no Estádio das Dunas, em Natal. Com duas derrotas, a Inglaterra apenas cumpre tabela contra a líder Costa Rica, também na próxima terça-feira, no Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte. Na próxima fase, já no mata-mata, os classificados do Grupo D enfrentam os dois primeiros colocados do Grupo C, formado pela Colômbia – que lidera o grupo –, pela Costa do Marfim, pelo Japão e pela Grécia.