Bellini e Florence participarão de debate; Paganini não vai (Arquivo)
publicidade
Bellini e Florence participarão de debate; Paganini não vai (Arquivo)
Bellini e Florence participarão de debate; Paganini não vai (Arquivo)

Os candidatos a prefeito que integram grupos oposicionistas ao atual governo itapirense, Antônio Hélio Nicolai, o Toninho Bellini (PSD), e Cristiano Florence (PSOL), confirmaram presença em um debate que vem sendo organizado pela entidade Jovem em Ação.

A expectativa é que o evento aconteça nesta quarta-feira (28), às 20h00, mas o local ainda não está definido. Candidato à reeleição pelo grupo situacionista, o prefeito José Natalino Paganini (PSDB) informou à organização que não irá comparecer ao debate. O motivo seria a realização de um comício agendado para a mesma noite.

A iniciativa do debate está a cargo de um grupo de aprendizes ligado ao Jovem em Ação. A intenção dos adolescentes é reunir os postulantes ao cargo máximo do Poder Executivo Municipal para que possam esmiuçar suas propostas perante seus adversários.

Segundo uma das organizadoras, a aprendiz de RH (Recursos Humanos) Luane da Silva Melato, 18, a ideia do debate nasceu a partir de sugestão de outro aprendiz, Roberto Lopes, e foi acatada pelos demais colegas.  O objetivo, de acordo com ela, é criar na cidade a cultura dos debates políticos durante as campanhas eleitorais, como acontece em cidades da região, como Mogi Mirim (P), por exemplo.  “Esperamos alguma outra instituição tomar a frente e chamar um debate, mas quando percebemos que o tempo estava passando e isso poderia não acontecer, resolvemos assumir essa demanda. É uma iniciativa dos jovens, dos aprendizes, e a entidade está dando o apoio”, comentou.

Segundo informado por ela, os convites aos candidatos tiveram teor idêntico. “Nosso desejo é que todos os candidatos compareçam para que possam ter um debate democrático, com propostas construtivas. Já recebemos na entidade todos os candidatos, que falaram sobre seus planos de governo, porém gostaríamos de um debate para que tudo isso fosse mais detalhado”, complementou. O formato definido pelos organizadores prevê que o debate não seja aberto ao público em geral, somente a convidados, entre eles três candidatos a vereadores de cada coligação, além dos candidatos a vice-prefeito, imprensa e representantes de entidades e de segmentos populares e sociais, setores municipais e organizações diversas da cidade, além de um grupo de jovens aprendizes. Não serão permitidas manifestações do público.

A organização também quer fazer a transmissão do evento ao vivo, pela internet, proposta que também ainda não está confirmada. Os candidatos serão posicionados em púlpitos, da esquerda para a direita, conforme ordem estabelecida por sorteio, e o debate será dividido em quatro blocos. No primeiro bloco, cada candidato terá cinco minutos para apresentar os pontos principais de seu plano de governo e propostas. No segundo bloco, serão sorteados três temas relacionados às seguintes áreas: saúde, educação e empreso. Cada candidato responderá a uma dessas questões dentro de dois minutos. No terceiro bloco, serão sorteadas questões enviadas pelos presentes e por meios de comunicação, sendo que cada candidato poderá responder três perguntas no tempo de um minuto e meio, sendo concedido mais 30 segundos para réplica de outro candidato e tréplica de 45 segundos àquele que respondeu à questão.

No quarto bloco, a dinâmica será baseada em perguntas entre os candidatos. Cada candidato poderá ser questionado até duas vezes, e o tempo para a pergunta será de 30 segundos, sendo de dois minutos para resposta. Réplica e tréplica serão de até 45 segundos. “Não permitiremos ataques pessoais, injúrias e nem quaisquer comentários que possam atingir o outro candidato de forma desrespeitosa”, frisou Luane. De acordo com ela, na hipótese de somente um candidato comparecer ao evento, as atividades acontecerão na forma de sabatina. “Fazemos um apelo para que todos os candidatos compareçam. Esse debate poderá motivar votos mais conscientes, os comícios são antiquados, queremos mais proximidades com os candidatos. São os jovens que estão pedindo, são os estudantes, fazemos um apelo em prol da democracia itapirense”, finalizou. O local que abrigará o debate ainda está sendo definido.

Print Friendly, PDF & Email

Publicidade - Anuncie aqui