publicidade

Um decreto assinado pelo prefeito Toninho Bellini (PSD) descartou possibilidade de reajuste no IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano) de Itapira em 2022.

A decisão foi publicada no Jornal Oficial de quarta-feira (15). O documento também fixou as datas de vencimento da parcela única ou das mensalidades do tributo.

Com o decreto, as alíquotas e bases de cálculos que vigoraram no IPTU de 2021 serão mantidas, sem qualquer alteração, para todos os imóveis que não tiveram áreas ou características alteradas.

“Quem não construiu ou reformou não terá nenhuma alteração no valor do IPTU do próximo ano em relação ao que pagou em 2021”, disse o vice-prefeito Mário da Fonseca (PSL).

Quem fez algum tipo de mudança no imóvel neste ano, o reajuste será de 50% em relação ao apurado, de acordo com o que prevê uma lei municipal de 2007, que disciplina a cobrança do IPTU e que não pode ser alterada via decreto.

O primeiro vencimento do IPTU de 2022 será no dia 24 de fevereiro. A data serve tanto para o pagamento da parcela única, sem qualquer desconto, ou quitação da primeira mensalidade do carnê.

Print Friendly, PDF & Email

Publicidade - Anuncie aqui