Cães mortos foram descartados em área rural (Reprodução)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

O descarte de vários animais mortos em uma área rural de Itapira gerou indignação e repercutiu na internet.

Fotos publicadas nas redes sociais mostram diversos cães literalmente jogados às margens de uma estrada de terra próxima à Rodovia SP-352 (Itapira-Amparo), localidade conhecida como Bairro do Stringuetti.

As imagens exibem pelo menos quatro cães, que teriam sido deixados no local na noite da última quarta-feira (28). Ao lado, duas caixas utilizada para descarte de seringas e agulhas usadas – os chamados materiais perfuro-cortantes.

Segundo a publicação, os cães estavam com pontos de cirurgias, o que, juntamente com a presença das caixas, levantaram a suspeita de que o descarte tenha sido feito por representantes de alguma clínica veterinária.

Não se sabe, porém, a real situação, tampouco se o ato partiu de pessoas de Itapira ou de Amparo, já que a área fica próxima à divisa entre os dois municípios. Casos assim, contudo, tem sido comuns em diversas partes do município, conforme relatos enviados ao Itapira News.

Na publicação, internautas são conclamados a compartilharem as imagens na tentativa de chegar aos proprietários dos animais e, desta forma, descobrir os responsáveis pelo descarte irregular.

A DPBEA (Divisão de Proteção e Bem Estar Animal) de Itapira já informou que deverá apurar o caso. Além dos materiais perfuro-cortantes, carcaças de animais também são consideradas lixo biológico. Uma lei municipal de 2010 determina que as empresas que geram este tipo de resíduos devem providenciar meios corretos para o descarte. Os infratores estão sujeitos a advertências e multas.