Dilma durante evento em Itapira (Roberto Stuckert Filho/PR)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Dilma durante evento em Itapira (Roberto Stuckert Filho/PR)
Dilma durante evento em Itapira (Roberto Stuckert Filho/PR)
Publicidade - Anuncie aqui

A presidenta Dilma Rousseff participa hoje (13) em Itapira, no interior de São Paulo, da inauguração da unidade de biotecnologia do Laboratório Cristália, fábrica brasileira de medicamentos.

Na unidade serão produzidos hormônio de crescimento e interferon, uma proteína utilizada no tratamento de doenças virais. Os investimentos chegaram a R$ 80 milhões, de acordo com a empresa, e a unidade vai integrar o complexo industrial farmacêutico, farmoquímico, biotecnológico e de pesquisa, desenvolvimento e inovação do grupo.

O projeto teve financiamento do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e da Agência Brasileira de Inovação (Finep), por meio de parceria público-privada. A empresa tem diversas parcerias com laboratórios estatais para a produção de remédios.

Nessa segunda-feira (12), durante seu programa semanal de rádio, Dilma lembrou que os investimentos em fábricas nacionais levam a uma economia de recursos públicos na compra de medicamentos. “Cada parceria para a produção de medicamentos que nós fechamos com o laboratório significa mais remédios de qualidade e uma importante economia para o Ministério da Saúde”.

A cerimônia de hoje também marca a expansão da produção de remédios contra o câncer pelo laboratório. Até 2014, a empresa pretende inaugurar uma fábrica de peptídeos, para a produção de medicamentos biológicos.

Discurso da presidenta em Itapira