Docente do Senac Itapira dá dicas de segurança para compras em lojas virtuais

Natal motiva muitas compras por meios eletrônicos, mas é preciso cuidado e atenção

Um levantamento realizado pela empresa SPC Brasil nas 27 capitais brasileiras mostrou que 40% dos consumidores pretendem fazer suas compras de Natal em lojas virtuais. Mas como saber se o site de e-commerce é seguro? Para isso, Rodrigo Rodrigues da Silva, docente da área de tecnologia da informação do Senac Itapira, dá algumas dicas para o consumidor ficar atento na hora da compra on-line. Confira:

– Verifique sempre se o site possui certificados de segurança; geralmente estão localizados no rodapé da página. É possível clicar no certificado e ver a autenticidade.

– Faça pagamentos e digite senhas apenas com o cadeado de “seguro” na barra de endereços e nunca esqueça de checar se o endereço é https: ao invés de http:. Https é criptografado e impede que terceiros acessem seu conteúdo. Isto significa que dados bancários, senhas e outras informações chegam intactas ao destinatário.

-Também é recomendado, quando for fazer a primeira compra em um site, que o internauta busque referências fazendo uma breve pesquisa. Coloque o nome da empresa nos mecanismos de buscas e em portais de reclamações. Veja o que outras pessoas comentam sobre ela.

– O código de defesa do consumidor – em seu artigo 49 – prevê que o consumidor tem até sete dias para desistir da compra e devolver a mercadoria nas compras feitas pela internet ou por telefone (quando o produto não é visto fisicamente). Leia com atenção a política de devolução da loja que irá realizar a compra.

– Para sites estrangeiros a atenção deve ser redobrada. Certifique-se se o site é seguro, se a entrega é realizada no Brasil e quais são os custos para o produto chegar em sua casa. Também é importante considerar que sua compra poderá ser taxada pela Receita Federal. Para isto, considere sobre o valor da mercadoria um acréscimo de 60%. Faça a conta já com a taxa e veja se realmente vale a pena.