Dr. Rafael Lopes falou sobre diagnóstico de coronavírus (Arquivo/ItapiraNews)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

O médico ortopedista Rafael Donizete Lopes, que atende tanto na rede privada quanto pelo SUS (Sistema Único de Saúde), testou positivo para Covid-19, o novo coronavírus.

De acordo com ele, os primeiros sintomas surgiram no sábado passado, dia 11, e o resultado do exame chegou na última quarta-feira (15), confirmando o diagnóstico.

Ele falou com a reportagem do Itapira News com exclusividade depois que mensagens começaram a circular nas redes sociais alertando sobre seu contágio.

O médico afirmou que não fez qualquer atendimento desde que percebeu os primeiros sintomas, bem com já se isolou sozinho em sua casa. Também manteve contato com todos os profissionais com quem trabalha e com pessoas do convívio social para informar a situação.

“Comecei a ter sintomas de um quadro gripal na tarde de sábado, como dores musculares, tosse seca, garganta irritada e dor de cabeça. Achei até que pudesse ser um quadro de sinusite, que já possuo, mas imediatamente já pedi para minha esposa ir para a casa da mãe dela com a nossa filha e me isolei”, conta o médico.

Mantenha-se bem informado: curta nossa página no Facebook, siga-nos no Instagram e também pelo Twitter

Lopes manteve contato com a secretária municipal de Saúde, Maria Cristina Moreira, e também informou a situação. Ele foi atendido no próprio Hospital Municipal, passou por exames – incluindo o de dengue – e já recebeu todas as orientações.

O material para o teste foi colhido na segunda-feira via rede particular e enviado para análise em São Paulo. Mesmo ainda sem o resultado, na terça-feira (14), Lopes passou por uma tomografia cujo resultado já revelou as características presentes nos casos de coronavírus.

“Todas as pessoas com quem tive contato nesses dias estavam devidamente paramentadas para evitar a transmissão, e a Secretaria de Saúde e as direções dos hospitais em que trabalho tomaram todas as providências para orientar e acompanhar pessoas que atendi nos dias anteriores aos sintomas”, afirmou.

  • TRATAMENTO

Agora, o ortopedista – que é ex-vereador em Itapira – cumpre o período de duas semanas de isolamento e faz uso das medicações prescritas, entre elas a hidroxicloroquina – substância cuja ministração nos casos de Covid-19 vem motivando polêmicas diversas entre autoridades de saúde e no ambiente político nacional e internacional.

Lopes, contudo, afirmou que sentiu melhora nos sintomas ao fazer uso do medicamento sob a recomendação médica. “Avalio como positivo os efeitos, mesmo sabendo dos efeitos adversos que podem ocorrer. O próprio ministro da Saúde (Luiz Henrique Mandetta) já disse que os médicos são responsáveis por prescrever esse remédio”, disse.

  • SOLIDARIEDADE

Fechado em casa, ele menciona ainda que tem recebido o carinho de muitos amigos e de familiares. “É preciso tomar os devidos cuidados. Estou em repouso e me sinto melhor agora. Tenho recebido o carinho das pessoas que gosto e que gostam de mim. Embora não possamos estar juntos, o apoio da família é fundamental nesse momento”, destacou.

O médico – que é o segundo com diagnostico de Covid-19 confirmado oficialmente na cidade – também faz questão de reverenciar o trabalho dos profissionais da Saúde de uma forma geral, desde as equipes de limpeza e manutenção, passando por recepcionistas, administrativos, apoio, enfermeiros, técnicos e médicos, por exemplo.

“São pessoas que estão na linha de frente e a gente percebe o clima de estresse e tensão a que estão submetidos nessa pandemia. O apoio a esse pessoal tem que ser irrestrito nesse momento. Agradeço a todos e também à Secretaria Municipal de Saúde que me deu todo o suporte enquanto servidor público”, finalizou.